Antevisão: Noruega-Espanha, Irlanda-Holanda

Uma selecção de Espanha que nunca perdeu uma meia-final defronta a Noruega, enquanto Irlanda e Holanda se encontram pela segunda vez em poucos meses.

Imagem do troféu exposto no quartel-general da prova
Imagem do troféu exposto no quartel-general da prova ©Sportsfile

O UEFA.com faz a antevisão das meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-19 femininos, que se realizam quinta-feira.

Noruega - Espanha (17h00 de Portugal continental, em directo no Eurosport)
As anfitriãs estão a um passo de uma final de sonho e de uma despedida em alta do seleccionador Jarl Torske, na casa espiritual do futebol norueguês, o estádio Ullevaal, no domingo. No entanto, uma Espanha em crescendo é uma força a ter em conta. Após terem recuperado de uma derrota na primeira jornada frente à Irlanda, as espanholas somaram triunfos por 2-0 sobre a Suécia e Inglaterra. São seguras na defesa e Nahikari García constitui uma forte ameaça no ataque.

Também a Noruega encontrou o ritmo certo, assegurando o primeiro lugar no Grupo A com um triunfo por 5-0 sobre a Escócia, tendo os golos sido apontados por cinco jogadoras diferentes. A história está do seu lado antes do encontro na UKI Arena: venceram todos os três encontros anteriores com a Espanha nesta competição, chegando, em todas elas, à final. Por seu lado, a Espanha nunca perdeu uma meia-final. Alguém terá que ceder.

A Noruega bateu a Espanha por 2-1 em 2008
A Noruega bateu a Espanha por 2-1 em 2008©Sportsfile


2011 GS: Noruega 5-1 Espanha
2008 GS: Noruega 2-1 Espanha
2003 GS: Noruega 2-1 Espanha
2002 3Q: Noruega 2-2 Espanha

Presenças anteriores nas meias-finais
2012: Espanha 1-0 Portugal
2011: Itália 2-3 Noruega
2008: Alemanha 1-1 Noruega (Noruega venceu por 4-2 nos penalties)
2007: Inglaterra 3-0 Noruega
2004: Itália 0-1 Espanha
2003: Noruega 2-2 Suécia (Noruega venceu por 4-2 nos penalties)

República da Irlanda - Holanda (18h00 de Portugal continental) 
Poucos consideravam a Irlanda capaz de causar um grande impacto na sua estreia em fases finais, após ter ido parar a um grupo com Espanha, antiga campeã, Inglaterra e Suécia (o seleccionador de Espanha, Jorge Vilda foi uma excepção). Três vitórias em três encontros terminaram com quaisquer ideias de complacência, apesar de a Holanda estar bem ciente disso, uma vez que na fase de elite, em Abril, as equipas empataram 0-0 num encontro bastante disputado.

As holandesas passaram à fase seguinte como vencedoras do grupo e a Irlanda como melhor segunda classificada, mas serão as irlandesas a partir com ligeiro favoritismo para o embate no estádio Mjøndalen. Terão, contudo, de saber lidar com Vivianne Miedema. A dianteira do FC Bayern München tem estado a contas, durante a fase final, com uma lesão numa virilha, mas isso não a impediu de brilhar frente à Escócia em apenas 45 minutos, durante a segunda jornada. E encontra-se em cada vez melhor forma.

 

As jogadoras irlandesas descontraem junto ao quartel-general do torneio
As jogadoras irlandesas descontraem junto ao quartel-general do torneio©Sportsfile

Encontros anteriores nesta competição
2014 2Q: Irlanda 0-0 Holanda
2013 2Q: Irlanda 2-1 Holanda
2008 2Q: Irlanda 0-2 Holanda
2007 2Q: Irlanda 1-0 Holanda
2004 1Q: Irlanda 0-2 Holanda

Presenças anteriores nas meias-finais
2010: Holanda 0-0 Inglaterra (Inglaterra venceu por 5-4 nos penalties)

Siga tudo no UEFA.com, no Twitter usando #WU19 e, caso esteja em Oslo ou perto, venha ver os jogos – as entradas são gratuitas para jovens com menos de 18 anos.

Topo