Peter elogia "fantástica" Alemanha

Tendo sofrido a sua única derrota nas meias-finais da edição do ano passado do Europeu Feminino de Sub-17, o treinador da Alemanha, Ralf Peter, confia que a sua equipa não vai falhar desta vez.

A Alemanha quer voltar a ter motivos para sorrir
A Alemanha quer voltar a ter motivos para sorrir ©DBU

O ano passado ficou marcado por um facto inédito – a Alemanha não venceu o Campeonato da Europa Feminino de Sub-17, algo que o treinador Ralf Peter está determinado a corrigir.

Peter conduziu a Alemanha a convincente vitórias nos dois primeiros torneios, em 2008 e 2009, mas o seu objectivo de atingir o "hat-trick" de troféus caiu por terra perante a derrota sofrida nas meias-finais, frente à República da Irlanda. A Alemanha está de regresso a Nyon, sendo, juntamente com a França, a única equipa a marcar presença nas quatro fases finais da prova. Estas duas selecções vão, curiosamente, defrontar-se esta quinta-feira nas meias-finais, com a campeã Espanha e a Islândia a medirem forças no outro embate.

"A nossa eliminação nas meias-finais ante a Irlanda foi um choque na altura e algo que certamente não estávamos à espera", explicou Peter ao UEFA.com. "A esse respeito estou satisfeito por defrontar este ano a França, porque, a meu ver, eles são o mais forte dos nossos três adversários. Isso vai forçar as minhas pupilas a concentrarem-se ao máximo no jogo. Não vai chegar elas jogarem a 80 por cento das suas capacidades frente a um adversário tão astuto do ponto de vista táctico".