Trio garante apuramento

A Islândia, a França e a campeã Espanha apuraram-se para o Europeu Feminino de Sub-17, a disputar em Julho, em Nyon, após triunfos na segunda pré-eliminatória.

A França venceu o Grupo 4 depois de bater a Suíça
©Franz Feldmann/sportsfotos.ch

A Islândia vai disputar pela primeira vez a fase final de um Campeonato da Europa Feminino de Sub-17, na sequência de uma jornada da segunda pré-eliminatória que ditou também a qualificação da França e da Espanha, detentora do título.

Depois da vitória de sábado, por 2-0, sobre a Bélgica, a Espanha assegurou a presença na fase final da prova pela terceira vez consecutiva, ao golear a Itália, por 6-1. Iraia Perez de Heredia destacou-se nas comandadas de Jorge Vilda ao assinar um "hat-trick". O tento das italianas, marcado por Paola Roversi no minuto 38, foi o primeiro sofrido pela vice-campeã de 2009 nos cinco jogos de apuramento efectuados esta temporada.

Este triunfo deixou a Espanha com três pontos de vantagem sobre a Bélgica no Grupo 2, que bateu a anfitriã República Checa por 1-0, à entrada da última jornada, na quinta-feira. Recorde-se que, em caso de duas ou mais equipas terminarem com os mesmos pontos, o primeiro factor de desempate é o resultado entre elas, pelo que a vantagem é das espanholas no confronto com as belgas.

Para as meias-finais, a disputar no Estádio Colovray, situado em frente à sede da UEFA, a 28 de Julho, a Espanha defronta a Islândia, vencedora do Grupo 1 após ter levado a melhor sobre a anfitriã Polónia, por 2-0. As suplentes Gudmunda Brynja Oladóttir e Telma Thrastadróttir marcaram os golos que deram às nórdicas a vitória no agrupamento, pois na primeira jornada tinham batido a Inglaterra pelo mesmo resultado. Estas duas vitórias revelaram-se suficientes para o apuramento, uma vez que a próxima adversária da Islândia, a Suécia, perdeu por 1-0 contra a Inglaterra e a Polónia já não conseguirá chegar ao topo.

No Grupo 4, a França apurou-se ao bater a Suíça por 2-0, graças ao segundo bis consecutivo de Claire Lavogez e devido a ter beneficiado do empate 1-1 entre o País de Gales e a Escócia. As comandadas de Francisco Rubio têm mais quatro pontos do que as galesas, adversárias na quinta-feira, e vão disputar a terceira fase final em quatro anos, tendo sido finalistas vencidas em 2008.

A sua opositora poderá ser a equipa que a derrotou precisamente nessa final, a duas vezes campeã Alemanha, caso esta vença o Grupo 3. Este agrupamento conta ainda com a presença da Rússia, da Finlândia e da Dinamarca, tendo o seu início agendado para 21 de Abril.

Topo