Portuguesas não vacilam

O 1° Dezembro venceu os dois encontros disputados na Taça UEFA Feminina e é um dos conjuntos que já garantiu a passagem à segunda pré-eliminatória.

As portuguesas do 1° de Dezembro venceram os dois encontros disputados na Taça UEFA Feminina e são um dos conjuntos que já garantiu a passagem à segunda pré-eliminatória.

1º de Dezembro lidera
O Grupo A4 é liderado pelo 1° de Dezembro, com seis pontos conquistados em duas jornadas. A última vítima das portuguesas foi a equipa do Cardiff City LFC, que perdeu por 2-0, com golos de Elisabete Costa e Carla Couto. O LFC Rapide Wezemaal também tem seis pontos, tendo nesta ronda batido o ZNK Osijek, por 2-0, graças a Hannah Van Malenstein e Karolien Meykens.

Neulengbach bem colocado
O Valur Reykjavik também já garantiu a passagem à próxima fase. Depois de terem batido o FC Honka Espoo, as islandesas golearam o Klaksvíkar Ítróttarfelag KÍ, por 6-0, no sábado. Na próxima fase, o Valur está colocado no mesmo grupo do 1. FFC Frankfurt, equipa que já venceu por duas vezes a prova. O Honka ainda pode seguir em frente, pois bateu o ADO Den Haag, por 2-0, e subiu ao segundo lugar. O SV Neulengbach ganhou ao Mayo FC, por 3-0, e assumiu a liderança do Grupo A3. Na próxima terça-feira, as austríacas só necessitam de um empate frente ao Ucziniowski Klub Sportowy GOL para seguirem em frente. O Sportowy ocupa o terceiro posto, devido à pior diferença de golos, originada pela derrota de 4-1 com as escocesas do Hibernian LFC.

Lyon goleador
O Olympique Lyonnais é a equipa mais goleadora da prova. Após terem batido o FK Slovan Duslo Sala, por 12-0, as francesas conseguiram mais uma goleada, ao derrotarem o ZFK Skiponjat por 10-0, com "hat-tricks" de Elodie Thomis e Shirley Cruz. Para garantir o primeiro lugar do Grupo A6, o Lyon só precisa de empatar com o ZNK SFK 2000, na terça-feira. A equipa da Bósnia-Herzegovina promete dar luta, pois também garantiu a segunda vitória no agrupamento, ao bater o FK Slovan Duslo Sala, por 2-0.

Alma em vantagem
O encontro entre Alma KTZH e 1. FC Femina Budapest, na terça-feira, vai decidir o vencedor do Grupo A9, uma vez que ambas as formações saíram vitoriosas das duas primeiras jornadas. No segundo encontro, o Budapeste bateu o FC Narta Chisinau por 2-0, mas é o Alma que tem vantagem na média de golos, pois conseguiu duas goleadas por 5-0, a última das quais perante o Ruslan 93. Alma e Budapeste não sofreram qualquer golo nas duas primeiras jornadas.

Sparta passeia
A maior goleada da jornada foi conseguida pelo AC Sparta Praha, no Grupo A10, que bateu o AEK Kokkinochovion por 19-0. A equipa cipriota conseguiu, ainda assim, evitar sofrer o desaire mais pesado da história da prova, pertencente ao Arsenal Kharkiv - derrotado por 20-0 na época de 2005/06. O Sparta tem quatro pontos, tantos como o CFF Clujana, que bateu as israelitas do Maccabi Holon FC por 3-0.

Topo