Alívio sueco e Wolfsburgo fixa novo recorde

As suecas do Tyresö e do Malmö seguiram em prova, as campeãs do Wolfsburgo fixaram um novo recorde enquanto o Barcelona deu trabalho ao Brøndby, com 12 das 32 equipas já eliminadas.

As atletas do Zurique festejam um golo marcado ao Sparta
©Pavel Jiřík

As formações suecas do Tyresö FF e FCR Malmö seguiram ambas em frente na UEFA Women's Champions League, no dia em que 12 das 32 equipas ficaram, esta quarta-feira, apuradas para a fase seguinte.

Nos outros jogos, sortes diferentes para as duas equipas dinamarquesas, um novo recorde fixado pelo VfL Wolfsburg, enquanto o Olympique Lyonnais e o 1. FFC Turbine Potsdam resolveram as respectivas eliminatórias com triunfos por 6-0. O UEFA.com mostra-lhe a acção da última noite, com os restantes quatro duelos a serem disputados esta quinta-feira.

Paris Saint-Germain FC 0-0 Tyresö FF (total: 1-2)
Em vantagem na eliminatória por 2-1, as estreantes nas competições europeias fizeram uma exibição compacta na capital francesa, não permitindo ao PSG mais do que poucas oportunidades para marcar. Marie-Laure Delie, antes do intervalo, forçou Ashlyn Harris a uma defesa após remate de Laure Boulleau que embatera na barra, no melhor lance da partida para a equipa de Farid Benstiti.

Fortuna Hjørring 2-0 UPC Tavagnacco (total: 4-3)
O Fortuna foi melhor começou a vencer numa cabeçada de Kur Larsen, pouco antes do intervalo, definindo o rumo da eliminatória num remate esplêndido de Laura Rus, aos 81 minutos. Uma falha eléctrica no estádio fez o jogo atrasar-se seis minutos, sendo que o Fortuna tem como próxima missão, contra o Tyresö, evitar a quinta eliminação consecutiva nos oitavos-de-final.

Brøndby IF 2-2 FC Barcelona (total: 2-2, Barcelona apurado devido aos golos marcados fora)
O Brøndby esteve bem na semana passada quando conseguiu segurar o 0-0, cedo assumindo o domínio do jogo na partida da segunda mão, criando aos 42 segundos, por intermédio de Sanne Troelsgaard, a primeira situação de golo. Tento que, apenas aos 25 minutos Anja Thorsen materializou.

O Barcelona surgiu melhor após o intervalo, com Marta Corredera a repor o empate aos 52 minutos. Jelena Čanković complicou a vida para as dinamarquesas ao fazer o 2-1 para as catalãs, com Simone Boye Sørensen a restabelecer a igualdade nos descontos, mas sem conseguir inverter o rumo da eliminatória.

AC Sparta Praha (CZE) 1-1 FC Zürich Frauen (total: 2-3)
O Barcelona vai ter como adversário o Zurique, que esteve a ganhar graças a uma jogada protagonizada por duas jovens: a lateral-esquerda Karin Bernet, de 18 anos, executou um belo cruzamento para a finalização de cabeça de Mirjine Selimi, de 16. A bem organizada defesa suíça só foi batida no início da segunda parte, após a entrada em jogo de Lucie Hloupá.

Iva Mocová, de longe, aos 66 minutos, fez um belo golo e deu esperança às checas, ficando estas, pouco depois, reduzidas a dez por expulsão de Tereza Krejčiříková

1. FFC Turbine Potsdam 6-0 MTK Hungária FC (total: 11-0)
As duas vezes campeãs Potsdam demoraram 62 minutos a abrir o marcador. Mas após o golo de Asano Nagasato, Nataša Andonova e Antonia Göransson ampliaram a vantagem em três minutos. O trio repetiu a pontaria nos últimos seis minutos do jogo.

Olympique Lyonnais 6-0 FC Twente (total: 10-0)
As finalistas vencidas na época passada colocaram-se em vantagem por Laetitia Tonazzi, cujo remate abriu o activo aos 13 minutos. Louisa Nécib ampliou num disparo a 30 metros da baliza, 12 minutos depois. Élise Bussaglia e Le Sommer também marcaram após o intervalo antes de Lotta Schellin e Rapinoe, ambas saídas do banco, fecharem a contagem.

VfL Wolfsburg 13-0 Pärnu JK (total: 27-0)
As campeãs fixaram um novo recorde em provas da UEFA frente à primeira equipa da Estónia a jogar esta fase. Lyn Meyer fez um "hat-trick", tendo sido imitada por Conny Pohlers, que elevou a sua marca pessoal na prova para 48 golos.

FCR Malmö 5-0 LSK Kvinner FK (total: 8-1)
Ramona Bachmann apontou um excelente golo que se juntou aos dois de Manon Melis e de Anja Mittag, que se tornou na segunda jogadora a marcar mais de 40 golos nas competições femininas da UEFA. À sua frente segue a sua antiga colega no Postdam, Pohlers, a quem vai tentar ultrapassar quando o Malmö enfrentar o Wolfsburgo nos oitavos-de-final.

ASD Torres Calcio 3-1 FSK St. Pölten-Spratzern (total: 5-3)
A equipa italiana, há uma semana, conseguiu o empate no derradeiro minute através de Sabrina Marchese, mas, desta vez, um espectacular remate de pé esquerdo de Sandy Maendly colocou cedo as locais a vencer. Patrizia Panico permitiu depois a Giulia Domenichetti marcar o 30º golo europeu da sua carreira, com a suplente Sandy Iannella a ampliar antes de Lisa Makas fazer o golo solitário das visitantes. 

SV Neulengbach 1-1 Apollon Limassol LFC (total: 3-2)
O Apollon revelou-se incapaz de desfazer a desvantagem trazida do jogo da primeira mão, com o Neulengbach a colocar-se em vantagem aos 58 minutos, por Alexandra Bíróová. Seguiu-se a resposta cipriota com Sinead Farrelly a fazer o empate a 13 minutos do fim, sem conseguir, contudo, forçar o prolongamento.

Birmingham City LFC 1-0 PK-35 Vantaa (total: 4-0)
O Birmingham dominou toda a primeira parte, com Kirstly Linnett a ver os seus remates interceptados por várias vezes, enquanto Karen Carney teve um remate que passou perto do alvo. O marcador funcionou cinco minutos depois do recomeço após uma combinação entre Chelsea Weston e Carney, com a defesa-central a rematar já dentro da área.

FK Zorkiy Krasnogorsk 4-1 Thór/KA (total: 6-2)
O Birmingham terá pela frente o Zorkiy que, com um começo brilhante e que lhe permitiu marcar três vezes em 12 minutos, depressa tirou as islandesas da discussão da eliminatória. A extremo-direito Elena Morozova fez o golo inaugural aos 22 minutos, e logo depois, Maria Ruiz assistiu Vira Dyatel. Nick Ashley fez o terceiro após lance individual de Morozova e apesar das visitantes terem reduzido através da capitã Arna Ásgrímsdóttir, Mautz depressa repôs a diferença em lance individual.

Jogos de quinta-feira
RTP Unia Racibórz (POL) 1-2 Konak Belediyesi (TUR)
Glasgow City LFC (SCO) 2-2 R. Standard de Liège (BEL)
FC Rossiyanka (RUS) 4-2 ŽFK Spartak Subotica (SRB)
Arsenal LFC (ENG) 7-1 WFC SSHVSM Kairat (KAZ)

Sorteio dos oitavos-de-final (9/10 e 13/14 de Novembro)
Barcelona - Zürich
Konak/Unia - Neulengbach
Fortuna - Tyresö
Spartak/Rossiyanka - Torres
Potsdam - Lyon
Zorkiy - Birmingham
Malmö - Wolfsburgo
Kairat/Arsenal - Standard/Glasgow

Repórteres: Chris Burke, Rasmus Munch, Brian Serup, Ondřej Zlámal, Marc Uhlmann, Sylvain Lartaud, Harry Jurkschat, Ulf Nilsson, Ben Gladwell, Ernst Schneider, Steve Carpenter e Evgen Shuvaev

Topo