O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão da final da UEFA Youth League: Salzburgo - Benfica

O Salzburgo espera repetir o triunfo sobre o Benfica na final de 2017, com os "encarnados" a procurarem vencer pela primeira vez a prova à quarta tentativa.

 
  UEFA

O Salzburgo defronta esta segunda-feira o Benfica na final da UEFA Youth League, no Estádio Colovray, em Nyon, cinco anos depois de estes mesmos clubes se terem encontrado na decisão de 2017.

Nesse dia, o Salzburgo de Marco Rose venceu por 2-1 uma equipa do Benfica composta por João Félix e Rúben Dias, entre outros. Essa foi a segunda das três derrotas do Benfica na final até agora, mas as Águias esperam corrigir essa tendência para se poderem juntar a Salzburgo, Barcelona, Chelsea, FC Porto e Real Madrid na lista de honra quando a oitava edição do torneio ficar concluída.

Veja o "stream" em directo e o resumo em UEFA.tv

Ver os resumos
Ver mais

Saiba tudo

Resumo: Juventus 2-2 Benfica (3-4 g.p)
Resumo: Juventus 2-2 Benfica (3-4 g.p)

Ambas as equipas perderam os primeiros jogos da fase de grupos antes de conquistarem os respectivos agrupamentos e chegarem à melhor forma nos quartos-de-final, quando o Salzburgo derrotou o Paris Saint-Germain e o Benfica venceu fora por 4-0 o seu rival citadino Sporting CP. As meias-finais de sexta-feira não poderiam, contudo, ter sido mais diferentes.

O Benfica esteve a vencer a Juventus por 2-0, mas viu o guarda-redes Samuel Soares expulso e depois alguma sorte para segurar um empate a duas bolas, sendo que depois disso o guarda-redes suplente André Gomes defendeu dois remates para o clube da Luz vencer o desempate por grandes penalidades. De seguida, o Salzburgo goleou o Atlético de Madrid por 5-0, uma margem recorde para uma meia-final, que mostrou os benefícios de os jogadores da equipa actuarem pelo FC Liefering, emblema que milita no segundo escalão do futebol austríaco.

Quando o Salzburgo venceu esta competição em 2016/17, também o fez com um plantel com jogadores do Liefering, e também eliminou Paris e Atlético a caminho da final ante o Benfica. Quanto às Águias, igualaram o recorde de quatro finais do Chelsea, mas ainda buscam o primeiro título, tendo perdido contra o Barcelona na decisão inaugural de 2014 e frente ao Real Madrid em 2020, bem como diante do Salzburgo, há cinco anos.

Conheça as equipas

O irmão mais novo de João Félix, Hugo, faz parte da actual equipa do Benfica, sendo que o agora dianteiro do Atlético respondeu à publicação de Hugo no Instagram, após a passagem à final, com uma mensagem simples: "Vinguem-se de 16/17."

Henrique Araújo, que fez cinco jogos pelo Benfica nos últimos meses, viajou para Nyon este fim-de-semana, o que significa que as Águias poderão ter disponíveis três elementos da final de 2020: o avançado recém-chegado, o capitão Tomás Araújo, e um dos marcadores contra a Juventus, Martim Neto, que foi suplente utilizado frente ao Real Madrid.

Resumo: Atlético 0-5 Salzburgo
Resumo: Atlético 0-5 Salzburgo

Estatísticas-chave

  • O Benfica irá tornar-se a primeira equipa a disputar 70 jogos na competição, um a mais do que o Real Madrid.
  • O Benfica igualou o recorde do Chelsea ao marcar presença na sua quarta final.
  • O Salzburgo procura igualar o Barcelona e o Chelsea, que já venceram por duas vezes a prova.
  • Esta é a primeira vez que se vai assistir a uma repetição de uma final anterior.
  • Os dois golos de Roko Simic pelo Salzburgo nas meias-finais aumentaram para seis o seu total nesta temporada, apenas menos um que o duo da frente formado por Aral Simsir e Mads Hansen, do Midtjylland.

Final esgotada

Todos os bilhetes para a final no Estádio Colovray Stadium, em Nyon, foram vendidos.

Declarações

René Aufhauser, treinador do Salzburgo : "A equipa deixou bem claro no jogo contra a Atlético que estamos aqui para conquistar o título. Os meus jogadores interiorizaram isso e acreditam plenamente nas suas possibilidades. Vamos muito confiantes para a final, mas sabemos que temos à nossa espera um adversário muito forte. Deve ser um jogo intenso e excitante."

Luís Castro, treinador do Benfica: "Espero outro grande jogo e contra outra grande equipa. Já tivemos várias finais, até porque depois do primeiro encontro todos os outros foram como finais. Tínhamos de vencer todos esses jogos para continuar em prova. Agora é apenas mais um."

Roko Simic, avançado do Salzburgo: "Não se trata apenas de acreditar que vou ser o melhor marcador: eu sei que vou ser! Vi o jogo do Benfica contra a Juventus. O Benfica é muito forte e espero um jogo muito difícil."

André Gomes, guarda-redes do Benfica: "Vamos com tudo para a final. Queremos vencer para dar ao clube o seu primeiro título da Youth League. Queremos que os nossos adeptos estejam aqui na segunda-feira para nos dar ainda mais força."