O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Análise à primeira jornada da Youth League

Vitória recorde do Benfica e exibição do filho de um antigo internacional italiano estão entre os destaques da primeira jornada da fase de grupos da UEFA Youth League.

Diogo Gonçalves (à esquerda) e José Gomes marcaram juntos cinco dos oito golos do Benfica frente ao Astana
Diogo Gonçalves (à esquerda) e José Gomes marcaram juntos cinco dos oito golos do Benfica frente ao Astana ©Getty Images

Quão bom é o Benfica?
É a questão pertinente após a goleada por 8-0 sobre o Astana, que constitui recorde na competição. O Benfica, finalista vencido em 2014 e presente nos quartos-de-final da época passada, vencia por 6-0 ao intervalo e tinha registado 20 remates à baliza, contra nenhum do inexperiente adversário. A formação do Cazaquistão, com quatro jogadores de 17 anos no "onze" inicial, teve dificuldades para sair do seu meio-campo e, se não fosse o guarda-redes Dastan Dulatov, o resultado deste jogo do Grupo C teria sido ainda mais desnivelado. Testes mais complicados esperam as "águias", apesar do treinador João Tralhão, ainda assim, ter elogiado a forma como os seus jogadores abordaram a partida. "Começámos bem, mostrámos concentração e fizemos o que era preciso fazer", disse.
Carlos Machado

Tal pai tal filho
Internacional pela Itália em 40 ocasiões, Angelo Di Livio foi um temível médio que representou Juventus, Fiorentina e os "azzurri". Ao que parece, o seu espírito combativo foi herdado pelo filho Lorenzo, que ditou o ritmo de jogo da Roma no empate caseiro a zero com o Barcelona. De tal forma que o treinador Alberto De Rossi o considerou a "força motriz" da equipa romana.
Ben Gladwell

Fábrica de talentos do Lyon
A academia do Olympique Lyonnais está a funcionar bem, a julgar pela vitória por 3-0 frente ao Gent, com Romain Del Castillo, autor de um bis, a brilhar. Para o treinador Joël Fréchet, ver seis jogadores da formação como titulares do Lyon no jogo da UEFA Champions League, representa motivação adicional. "Esta competição ajuda os nossos jogadores a crescer, dando-lhes experiência internacional para que possam tentar imitar os feitos de Alexandre Lacazette e Clément Grenier, por exemplo".
David Crossan

Resumo: Manchester City 4-1 Juventus
Resumo: Manchester City 4-1 Juventus

Roberts brilha pelo City
Patrick Roberts, do Manchester City, pode ser um dos jogadores mais entusiasmantes na edição de 2015/16, com um golo e duas assistências na goleada por 4-1 frente à Juventus. Patrick Vieira, treinador do City, elogiou a atitude do seu pupilo, que já alinhou na Premier League. "A experiência adicional dele nota-se na forma como jogou, mas também pela forma como treinou e como falou no balneário, ao intervalo", disse.
Simon Hart

Resumo: Sevilha 4-2 Mönchengladbach
Resumo: Sevilha 4-2 Mönchengladbach

Sevilha a aprender
O Sevilha alcançou um sucesso atribulado frente ao Mönchengladbach, por 4-2, desperdiçando uma vantagem de 2-0 antes de vencer à beira do fim. Para Agustín López Páez, treinador do Sevilha, foi uma experiência útil: "Isto fez os jogadores crescer, pois facilmente a sorte podia ter pendido para o lado do adversário".
Nick Aitken