Kane ambicioso com a Inglaterra

"Queremos dar essa alegria às pessoas", disse Harry Kane ao explicar que quer ajudar a Inglaterra a terminar com o longo jejum de troféus na Fase Final da UEFA Nations League.

Harry Kane espera que a Inglaterra possa terminar com um jejum de 53 anos na fase final em Portugal
©Getty Images

Sobre a aventura de Inglaterra na UEFA Nations League...

É uma nova competição, mas não deixa de ser uma oportunidade de conquistar um troféu com a camisola de Inglaterra. Já passou muito tempo desde 1966 [ano em que a Inglaterra venceu o seu único Campeonato do Mundo]. Vamos tentar aproveitar ao máximo. Todos queremos ganhar troféus e viver a experiência de partilhar isso com os colegas e os adeptos, é uma enorme motivação. Vamos ter o apoio de muitos adeptos e espero ajudar a fazer história.

Queremos dar essa alegria às pessoas, como jogador de futebol é isso que ambiciono. Considero que se formos capazes de conquistar o troféu, será um trampolim para conseguir grandes feitos no futuro. A conquista de troféus cria a mentalidade de querer mais e mais, esta é uma oportunidade para tentarmos dar esse passo.

Sobre Gareth Southgate...

O seleccionador de Inglaterra Gareth Southgate
O seleccionador de Inglaterra Gareth Southgate©UEFA.com

Tem sido fantástico. Desde que assumiu o cargo, a grande preocupação tem sido a união da equipa, o espírito de camaradagem e a capacidade de lutarmos uns pelos outros, até agora tem corrido bem. Considero que o facto de nos dar liberdade e permitir que mostremos as nossas personalidades nos ajudou a ter esta ligação aos adeptos.

Quanto ao nosso estilo de jogo, praticamos um bom futebol. Ele sabe que temos jogadores jovens que querem expressar-se em campo e jogar de uma certa forma, ele permite-nos fazer isso. É claro que, como todos nós, também quer vencer, ganhar jogos e troféus, por isso trabalha connosco nos treinos todos os dias para tentar que isso aconteça.

Sobre a qualificação em grande estilo...

Veja todos os golos de Inglaterra na UEFA Nations League
Veja todos os golos de Inglaterra na UEFA Nations League

Todos sabem o que fizemos no Campeonato do Mundo e ficamos muito orgulhosos disso. Ainda ficamos mais orgulhosos depois de conseguir manter a boa forma na UEFA Nations League. Ficámos num grupo muito difícil [na Nations League] com a Espanha e a Croácia. Era isso que queríamos, continuar a preparara o futuro. Agora estamos numa excelente posição e esperamos poder ter sucesso em Junho.

No Campeonato do Mundo batemos equipas que provavelmente tínhamos a obrigação de vencer, mas ainda não tínhamos ganho a uma grande selecção. Conseguimos ganhar à Croácia e em Espanha, não há desafios mais difíceis. Considero que provámos aos adeptos e a nós mesmos que podemos vencer as melhores equipas, em casa ou fora. Isto dá-nos grande confiança para o futuro.

Sobre o espírito de equipa...

Todos unidos, a Inglaterra festeja um golo na qualificação
Todos unidos, a Inglaterra festeja um golo na qualificação©AFP/Getty Images

Temos uma grande ligação e, apesar de estarmos em clubes diferentes, quando chegamos aqui estamos concentrados ao máximo. Não é preciso pedir a ninguém para deixar de pensar do que se passa nos clubes. Todos fazemos isso naturalmente e o facto de já termos jogado juntos nos clubes ou nas selecções jovens de Inglaterra leva a que sejamos todos bons amigos.

Independentemente de jogarmos no Tottenham, no Manchester City ou no Liverpool, já nos conhecemos há tempo suficiente para nos tornarmos amigos. Quando chegamos à selecção, só temos a vontade de nos reencontrarmos e sermos amigos.

Sobre o duelo com a Holanda...

Koeman feliz por ter saído Inglaterra no sorteio
Koeman feliz por ter saído Inglaterra no sorteio

Vai ser difícil, eles estão numa excelente forma. Obviamente que passaram recentemente por um período frustrante, mas conseguiram recuperar. Ultrapassaram um grupo complicado na UEFA Nations League quando não se esperava que conseguissem. São uma equipa, que quer mostrar a sua personalidade e praticar um bom futebol, um futebol atacante.

Temos que estar preparados para o desafio. Vai ser um jogo muito, muito difícil. Mas, quando analisamos um adversário, olhamos sempre em primeiro lugar para nós próprios e vemos o que podemos fazer para vencer.

Vai ser um grande jogo para os adeptos. Como já disse, deve ser um jogo aberto e com futebol de ataque. Esperamos poder utilizar a experiência que ganhámos no último ano no Campeonato do Mundo e em competições como esta para ter alguma vantagem e conseguir passar à final. Passámos por altos e baixos, por isso devemos estar preparados para todas as situações que aconteçam no jogo.

Topo