O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão das meias-finais da Futsal Champions League: ACCS-Sporting, Benfica-Barça

O campeão em título Sporting defronta o estreante ACCS de Ricardinho na Arena Riga, antes de o Benfica medir forças com o Barça.

SPORTSFILE

A UEFA Futsal Champions League está de volta ao seu tradicional formato de "final four", com as meias-finais a terem lugar esta sexta-feira na Arena Riga.

Fazemos a antevisão de toda a acção, com o primeiro representante de França, o ACCS Asnières Villeneuve 92, a defrontar o detentor do título Sporting CP, isto antes de o Benfica, campeão em 2010, medir forças com o três vezes vencedor da prova, o Barça. O "play-off" do terceiro lugar e a final realizam-se no domingo.

Onde ver os jogos: TV/"streams"

Ver os resumos
Ver mais

ACCS - Sporting 

Em teoria, o campeão em título Sporting pode sentir-se confiante quanto a chegar à sua quinta final em seis anos. A equipa orientada por Nuno Dia não só ergueu o troféu em 2019 e em 2021, como também conta com o núcleo da selecção de Portugal que conquistou o Campeonato do Mundo de Futsal e o UEFA Futsal EURO nos últimos meses. Para além disso, o ACCS, que é o primeiro clube francês a jogar nesta fase da prova, esteve na segunda divisão nesta temporada (embora tenha conquistado o primeiro lugar) e só foi chamado para Riga no final do mês passado, tendo terminado atrás do clube russo Tyumen (agora excluído) na ronda de elite.

No entanto, estas duas equipas mediram forças em Outubro para dar início à fase principal e a verdade é que o o Sporting apenas conseguiu vencer por 4-3. O ACCS venceu o Dobovec no seu jogo seguinte, por sinal um adversário que tinha chegado aos quartos-de-final na temporada transacta, isto antes de, na ronda de elite, travar o duas vezes campeão Kairat Almaty, suplantando os cazaques na luta pelo segundo lugar. E, se estiver apto, o ACCS conta com a lenda Ricardinho, que chegou pela primeira vez à final desta competição com o Benfica em 2004 e que conquistou três títulos.

Ainda assim, será uma enorme surpresa se a constelação de estrelas do Sporting não garantir a presença do clube leonino na sua sexta final da prova. Dez dos 14 jogadores que se sagraram campeões na época transacta estão novamente presentes, havendo ainda Cardinal, isto depois de o experiente pivot ter falhado a conquista em Zadar devido a lesão.

Resumo da final da UEFA Futsal Champions League: Barça 3-4 Sporting

Estatística-chave: O treinador do Sporting, Nuno Dias, vai tornar-se o primeiro a atingir os 50 jogos no comando de um único clube e o segundo no total da competição, depois de Jesús Velasco, do Barça, que chegará aos 57 jogos também na sexta-feira.

Sergio Mullor, treinador do ACCS: "O principal é acreditar. Estamos conscientes de que o Sporting é uma equipa muito forte, mais propriamente a campeã europeia em título, e que joga esta competição todas as épocas com a ambição de a vencer... O segundo ingrediente é acreditar nas nossas hipóteses e no nosso potencial. Temos jogadores que podem estar ao nível dos do Sporting. Eles terão de aumentar o nível de jogo que mostram actualmente para tentar vencê-los."

Nuno Dias, treinador do Sporting: "A pressão está em nós próprios, no nosso desempenho e no que fazemos. Acreditamos que os nossos adversários, por serem 'outsiders', estarão mais desinibidos e com a motivação adicional de jogar contra o campeão europeu, mas o mais importante é o que podemos fazer e a forma séria com que vamos abordar o jogo."

Ao pormenor: conheça os semifinalistas

Ver os resumos
Ver mais

Benfica - Barça 

Estranhamente, pelo menos tendo em conta que falamos de duas das maiores potências do futsal europeu, Benfica e Barça defrontaram-se anteriormente apenas por uma vez nesta competição, mais concretamente quando empataram 1-1 na fase principal de 2018/19. Os dois clubes marcaram, entre si, presença em 14 fases finais (9 para o Barça, que partilha o recorde com o Kairat), sendo que o Benfica se sagrou campeão em 2010 e os catalães em 2012, 2014 e 2020.

O Barça falhou a conquista do seu quarto título no ano passado após cair numa emocionante final contra o Sporting, mas desde então viu chegar o antigo treinador do Inter FS (e ACCS), Jesús Velasco, bem como o experiente Ortiz, que, tal como o seu colega de equipa Sergio Lozano (e Ricardinho), tenta igualar o recorde de quatro títulos, na posse de Gabriel. Ferrao, que assinou um "hat-trick" nas meias-finais da época passada, contra o Kairat, o também pivot Pito e Matheus Rodrigues recuperam todos de lesões e vão pode ajudar o Barça em Riga. No entanto, Esquerdinha, o melhor marcador de sempre da prova com dez golos (mais um que Ferrao), vai ficar de fora.

Resumo dos quartos-de-final da Futsal Champions League: Kairat Almaty 6-2 Benfica (ap)

O Benfica tem sido eclipsado pelo Sporting nos últimos anos e, desde o triunfo de 2010 em Lisboa, perdeu as duas últimas meias-finais em que participou em 2011 e 2016, para além de ter sido afastado nos quartos-de-final há um ano, no prolongamento, frente ao Kairat. No entanto, venceu o Sporting por 3-2 na semana passada e tem em Robinho um jogador que venceu esta competição pela primeira vez em 2005; tanto ele como Ortiz têm a possibilidade de bater o recorde de dez anos de Javi Rodriguez como o marcador mais velho numa fase final de clubes de futsal da UEFA.

As Águias também contam com Vinícius Rocha (contratado em Fevereiro), vencedor pelo Sporting em 2019 e em 2021 antes de uma curta passagem pelo Brasil.

Estatística-chave: O Barça está na "final four" pela nona vez (no espaço de 11 temporadas) desde que o formato arrancou em 2006/07, igualando o recorde do Kairat Almaty.

Pulpis, treinador do Benfica: "Desde o início, dissemos que queremos ser campeões. Agora temos o Barça e temos que vencer para estar na final de domingo, sendo que depois temos que vencer. Vencer o Barça pode dar-nos ainda mais confiança. Temos as nossas possibilidades e vai ser difícil, mas somos o Benfica."

Jesús Velasco, treinador do Barça : "O Benfica tem uma equipa experiente, com enorme qualidade. É um adversário muito complicado, à altura de uma meia-final europeia."