O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sporting revalida título

O Sporting vai voltar à Taça UEFA Futsal após revalidar o título de campeão de Portugal ao vencer o Fundão por 4-3, após prolongamento, garantindo um triunfo total de 3-1 na final.

Alex, na foto no jogo ante o Araz na Ronda de Elite, bisou pelo Sporting no jogo do título
Alex, na foto no jogo ante o Araz na Ronda de Elite, bisou pelo Sporting no jogo do título ©DPI

O Sporting Clube de Portugal revalidou o título de campeão de Portugal no domingo ao vencer a AD Fundão por 4-3, após prolongamento, garantindo um triunfo total de 3-1 na final do "play-off".

Depois de terem ganho por 3-0 e 4-2 em casa, no fim-de-semana passado, os "leões", finalistas vencidos da Taça UEFA Futsal de 2011, viram os festejos adiados no sábado ao perderem fora diante do Fundão por 4-1 no desempate por penalties, após 2-2 no fim do tempo regulamentar. Vencedor da Taça de Portugal no início de Maio frente ao SL Benfica – primeiro classificado da fase regular –, o Fundão, que negou aos "encarnados" a primeira presença na final em 13 anos, ao eliminá-los nas meias-finais, recuperou de dois golos de desvantagem.

Caio Japa e Alex – vencedor da Taça UEFA Futsal em 2005 pelos belgas do Action 21 Charleroi – adiantaram o Sporting, mas Davide e Noé Pardo, este perto do fim, levaram a decisão do encontro na Beira Baixa para tempo extra, etapa na qual os dois jogadores da equipa de Nuno Dias voltaram a marcar e garantiram a conquista do 12º campeonato para equipa de Lisboa.

"Não há dúvida nenhuma quanto à justiça deste título", revelou o técnico do Sporting, Nuno Dias, em palavras ao "site" do clube. "Foi injusto irmos a prolongamento neste encontro, tal foi a nossa superioridade."

O Sporting, igualmente vencedor da SuperTaça de Portugal, vai assim regressar à Taça UEFA Futsal na próxima temporada, isto após ter ficado pela Ronda de Elite que organizou em Almada na campanha transacta, ao ser batido pelo Araz Naxçivan, do Azerbaijão.