Retrospectiva do Arsenal - Nápoles

Dois nomes sonantes da Europa vão defrontar-se no norte de Londres, com o Arsenal, que conseguiu mais uma reviravolta na segunda mão, a receber o Nápoles.

O Arsenal festeja a qualificação nos oitavos-de-final
O Arsenal festeja a qualificação nos oitavos-de-final ©Getty Images

Dois nomes sonantes da Europa vão defrontar-se nos quartos-de-final da UEFA Europa League, com o Arsenal a receber o Nápoles em Londres na primeira mão de uma empolgante eliminatória anglo-italiana.

• O Arsenal conseguiu um apuramento fácil a duas jornadas do final do Grupo E, com apenas dois pontos perdidos, mas não evitou alguns sobressaltos nos 16 avos-de-final e nos oitavos-de-final, tendo ganho por 3-0 na segunda mão em Londres para eliminar BATE Borisov e Rennes depois de ter perdido fora em ambas as ocasiões na primeira mão.

• O Nápoles foi o melhor terceiro classificado na fase de grupos da UEFA Champions League desta época, com nove pontos, mas a única derrota, por 0-1 em Liverpool na sexta jornada, permitiu aos ingleses levarem a melhor na luta pelo segundo lugar devido aos golos marcados e seguirem em frente na companhia do Paris, vencedor do grupo. Os napolitanos iniciaram a campanha na UEFA Europa League com um triunfo tranquilo sobre o Zurique, por um total de 5-1, antes de eliminarem o Salzburgo com 4-3 no total dos dois jogos dos oitavos-de-final.

Veja o golo de Özil ao Nápoles em 2013
Veja o golo de Özil ao Nápoles em 2013

Confrontos anteriores 
• Os dois clubes só se defrontaram uma vez, na fase de grupos da UEFA Champions League de 2013/14, quando ambos ganharam em casa por 2-0. O triunfo do Nápoles na sexta jornada não foi suficiente para passar aos oitavos-de-final, apesar de ter somado 12 pontos, o máximo histórico de uma equipa que falhou a qualificação na fase de grupos da UEFA Champions League.

• O registo do Arsenal em casa diante de clubes italianos é de 10V 4E 2D. Somou seis vitórias nas últimas sete ocasiões em que recebeu adversários da Serie A no norte de Londres, tendo empatando o outro jogo. Além disso, sofreu apenas um golo nesses sete encontros, no triunfo sobre o Milan, por 3-1, na segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Europa League da época passada (5-1 no total).

• Os “gunners” levaram a melhor nos dois encontros anteriores nos quartos-de-final com equipas italianas sem sofrerem golos: total de 1-0 frente ao Torino (0-0 fora, 1-0 em casa) a caminho no triunfo na Taça dos Vencedores das Taças de 1993/94, quando bateram na final outro clube italiano, o Parma, por 1-0 e um total de 2-0 frente à Juventus na UEFA Champions League de 2005/06 (2-0 em casa, 0-0 fora).

• Derrotado em Anfield em Dezembro, o Nápoles nunca conseguiu vencer no reduto de um rival da Premier League, tendo somando cinco derrotas e dois empates em sete jogos, um deles foi um nulo no País de Gales, frente ao Swansea City, nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League de 2013/14, tendo vencido a eliminatória com um total de 3-1. O outro duelo a duas mãos frente a um clube da Premier League terminou com a eliminação, após prolongamento, com o Chelsea, nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2011/12 (3-1 em casa, 1-4 fora de casa).

Topo