O "site" oficial do futebol europeu

Liverpool vence no final com bis de Shelvey

Publicado: Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012, 21.24CET
BSC Young Boys 3-5 Liverpool FC
Os visitantes estavam a perder por 3-2 a 23 minutos do final, mas conseguiram entrar a vencer no Grupo A graças ao suplente Jonjo Shelvey.
por Martyn Hindley
de Stade de Suisse
Liverpool vence no final com bis de Shelvey
Andre Wisdom comemora o golo que marcou para o Liverpool com Jordan Henderson ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

Young BoysLiverpool

Golos marcados3
 
5
Posse de bola(%)0
100
Total de tentativas13
 
10
Remates à baliza6
 
6
Remates para fora6
 
3
Remates defendidos1
 
1
nos postes1
 
0
Cantos4
 
6
Foras-de-jogo1
 
3
Cartões amarelos4
 
1
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas8
 
12
Faltas sofridas5
 
7

Classificação

Última actualização: 21/06/2013 05:38 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Publicado: Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012, 21.24CET

Liverpool vence no final com bis de Shelvey

BSC Young Boys 3-5 Liverpool FC
Os visitantes estavam a perder por 3-2 a 23 minutos do final, mas conseguiram entrar a vencer no Grupo A graças ao suplente Jonjo Shelvey.

Jonjo Shelvey saltou do banco para marcar dois golos para o Liverpool FC e terminar com a resistência do BSC Young Boys no encontro de estreia no Grupo A da UEFA Europa League.

Nove minutos depois de entrar em campo, o médio correspondeu a um bom passe de Jordan Henderson e colocou os visitantes a vencer por 4-3. Uma desmarcação desde o círculo central, aos 88 minutos, foi concluída com um remate de pé esquerdo que não deu hipóteses de defesa a Marco Wölfli, terminando com um encontro emotivo em que os ingleses estiveram em desvantagem até meio da segunda parte.

O treinador Brendan Rodgers colocou três estreantes a titulares no Liverpool, mas o eventual nervosismo desapareceu quando os visitantes inauguraram o marcador aos quatro minutos. Stewart Downing cruzou da direita e o defesa do Young Boys, Christoph Spycher, cortou de cabeça, levando a bola a embater no companheiro Juhani Ojala, que não evitou o autogolo.

Raúl Bobadilla tentou responder de imediato e levou a bola às malhas laterais, mas a equipa de Martin Rueda foi recompensada pela sua paciência a sete minutos do intervalo, quando Rafael Nuzzolo foi o primeiro a chegar a uma bola perdida na área do Liverpool e fez o empate.

O Liverpool reagiu dois minutos depois, Andre Wisdom correspondeu a um pontapé de canto de Nuri Sahin e bateu Wölfli, deixando os visitantes em vantagem no descanso. A emoção estava longe de terminar, já que a liderança no marcador mudou por duas vezes numa segunda parte frenética.

Primeiro, Bobadilla, com um bom cruzamento, permitiu a Ojala emendar o erro do primeiro tempo e marcar na baliza certa. Dez minutos depois, Bobadilla voltou a fazer o passe decisivo que desmarcou Gonzalo Zárate, que marcou com um belo chapéu a Brad Jones.

O golo despertou o Liverpool, que venceu por três vezes a Taça UEFA, com Sebastián Coates a fazer o empate na sequência de um canto de Downing. Shelvey bisou e estabeleceu o resultado final aos 88 minutos, confirmando os três pontos  para os "reds".

Última actualização: 22-09-12 0.07CET

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/season=2013/matches/round=2000356/match=2009891/postmatch/report/index.html#shelvey+triunfo+liverpool