Factos do Arsenal - Sporting

O triunfo em Lisboa deixou o Arsenal à porta dos 16 avos-de-final e agora chegou o momento do Sporting tentar contrariar o seu favoritismo.

Danny Welbeck após marcar o golo da vitória do Arsenal em Lisboa
Danny Welbeck após marcar o golo da vitória do Arsenal em Lisboa ©Getty Images

Com o máximo de pontos possíveis somados nas três primeiras jornadas do Grupo E da UEFA Europa League, o Arsenal está à porta dos 16 avos-de-final e quer voltar a vencer o Sporting, segundo classificado. Nova vitória deixará o conjunto de Londres na fase seguinte, mas um empate também poderá ser suficiente se o Vorskla perder em casa com o Qarabağ, ainda sem qualquer ponto.

• O Arsenal venceu as três equipas do grupo e começou por bater em casa o Vorskla, por 4-2, antes de ganhar nos redutos de Qarabağ (3-0) e Sporting (1-0). Danny Welbeck apontou o golo da vitória nos últimos minutos do duelo em Lisboa.

• O Sporting começou por bater o campeão do Azerbaijão por 2-0 em casa e conseguiu evitar a derrota, depois de ter estado muito tempo a perder, com dois golos ao cair do pano no terreno do Vorskla (2-1).

Confrontos anteriores
• Apesar da enorme experiência europeia, os dois clubes nunca tinham encontrado nas provas da UEFA antes da terceira jornada. No entanto, tinham medido forças na segunda eliminatória da Taça das Cidades com Feira de 1969/70 e o Arsenal triunfou por um total de 3-0 (0-0 fora, 3-0 em casa) a caminho da conquista do troféu.

• Os 22 encontros do Sporting com clubes ingleses resultaram em nove vitórias e dez derrotas. O clube de Lisboa ganhou apenas duas vezes em 11 visitas a Inglaterra (E2 D7) e não venceu nenhum dos últimos seis desafios no país (E1 D5).

• O Arsenal nunca tinha ganho em cinco visitas a Portugal nas provas da UEFA até ao triunfo a 25 de Outubro (E2 D3), mas venceu os derradeiros quatro jogos em casa frente a clubes portugueses, com 17 golos marcados e nenhum sofrido.

Resumo: Sporting 0-1 Arsenal
Resumo: Sporting 0-1 Arsenal

Guia de forma
Arsenal
• Os londrinos terminaram a Premier League de 2017/18 no sexto lugar – a pior classificação de sempre sob o comando de Arsène Wenger na época de despedida do técnico após 22 anos no cargo. Mesmo assim, o Arsenal garantiu o segundo apuramento consecutivo para a fase de grupos da UEFA Europa League.

• Presença assídua na UEFA Champions League durante 19 anos seguidos até à época passada, o Arsenal atingiu as meias-finais da UEFA Europa League à primeira tentativa, tendo sido afastado pelo Atlético, mais tarde vencedor do troféu.

• Finalista da Taça UEFA em 1999/2000, o Arsenal também somou nove pontos em nove possíveis na estreia na UEFA Europa League, na época passada, mas perdeu os primeiros pontos na quarta jornada, ao empatar 0-0 na recepção ao Estrela Vermelha. O registo em Londres na UEFA Europa League é de V5 E2 D1, com 22 golos marcados e oito sofridos, entre os quais se contam os últimos cinco jogos em casa na prova.

Sporting
• O Sporting terminou a Liga portuguesa de 2017/18 no terceiro lugar. Foi surpreendente derrotado por 2-1 pelo Aves na final da Taça de Portugal, mas, ainda assim, garantiu um lugar na fase de grupos da UEFA Europa League.

• O emblema de Lisboa tem sido presença habitual na UEFA Europa League desde a criação da prova em 2009/10, tendo já participado em sete ocasiões, cinco das quais na fase de grupos, a última em 2015/16. Semifinalistas em 2011/12, os "leões" chegaram até aos quartos-de-final na época passada após transitarem da fase de grupos da UEFA Champions League.

• O registo fora do Sporting na fase de grupos da UEFA Europa League é de V6 E1 D9. Os "leões" sofreram golos nos últimos 30 jogos europeus como visitantes, desde que bateram o Zurique, por 2-0, na primeira jornada da fase de grupos da UEFA Europa League 2011/12.

Nani teve muito sucesso no passado frente ao Arsenal
Nani teve muito sucesso no passado frente ao Arsenal©Getty Images

Ligações e curiosidades
• O guarda-redes do Arsenal, Bernd Leno, ajudou o Leverkusen a infligir duas derrotas ao Sporting nos oitavos-de-final da UEFA Europa League 2015/16. Os alemães venceram por 1-0 em Lisboa e a confirmaram depois a eliminação dos "leões" com um triunfo por 3-1 na Alemanha.

• O trio do Sporting constituído por Nani (Manchester United), Sebastián Coates (Liverpool, Sunderland) e Radosav Petrović (Blackburn) defrontou o Arsenal na Premier League. Nani somou quatro triunfos e marcou um golo sensacional aos “gunners” num memorável triunfo por 8-2, em Old Trafford, em Agosto de 2011.

• Coates e Lucas Torreira, do Arsenal, são internacionais pelo Uruguai; Torreira foi colega de equipa de Bruno Fernandes, do Sporting, na Sampdória durante 2016/17.

•  Alexandre Lacazette (Arsenal) e Jérémy Mathieu (Sporting) jogaram juntos na selecção de França.

• O Arsenal é um dos seis clubes com o máximo de pontos nos primeiros três jogos da UEFA Europa League. Os restantes são: Zurique (Grupo A), Salzburgo (B), Dínamo Zagreb (D), Eintracht Frankfurt (H) e Chelsea (L).

Os treinadores
• Após dois anos no Paris Saint-Germain e sete troféus conquistados em França, Unai Emery foi nomeado treinador do Arsenal em Maio de 2018, substituindo o lendário Arsène Wenger. O técnico espanhol foi o responsável pelo histórico "hat-trick" do Sevilha na UEFA Europa League de 2013/14 a 2015/16, tendo assumido o comando da equipa da Andaluzia após quatro anos no Valência e uma breve passagem no Spartak Moscovo. É o treinador que mais jogos orientou na UEFA Europa League.


• Nomeado treinador interino para substituir José Peseiro, recentemente demitido, Tiago Fernandes é filho de Manuel Fernandes, antiga lenda do Sporting, e teve uma modesta carreira como médio antes de se tornar observador e adjunto do seu pai na União de Leiria e no Vitória Setúbal. Ingressou no Sporting como técnico das camadas jovens em 2012 e levou os Sub-19 ao título português em 2016/17, época em que também conduziu a equipa na fase de grupos da UEFA Youth League, tendo sido adjunto de Peseiro desde o início desta temporada.

Topo