Temas de conversa da segunda mão dos oitavos-de-final

A forma do Sevilha em casa na UEFA Europa League, a ambição do Dortmund em Londres, o impressionante Ladislav Krejčí e a reviravolta do Braga são alguns dos destaque da segunda mão dos oitavos-de-final.

Braga em festa
Braga em festa ©AFP/Getty Images

Braga brilha com reviravolta memorável
O SC Braga conseguiu uma reviravolta extraordinária depois da derrota por 1-0 na primeira mão, no terreno do Fenerbahçe SK, e segue nas quatro frentes em que iniciou a temporada. Na noite de quinta-feira, soube manter o ânimo e não baixar os braços quando, em cima do intervalo, viu a formação turca marcar um golo que muitos terão considerado ser um golpe fatal. Os "arsenalistas", contudo, reagiram e, com uma segunda parte de luxo, marcaram por três vezes, garantindo um triunfo por 4-1 que mantém vivo o sonho de repetir a presença na final conseguida em 2010/11.

Basileia falha a festa em casa
Os campeões suíços tinham oportunidade de disputar a final da UEFA Europa League, a 18 de Maio, no seu estádio, mas agora só poderão assistir ao jogo como espectadores. O Basileia caiu nos oitavos-de-final frente ao Sevilha, que pode ainda regressar a St. Jakob-Park esta época e está em condições de se tornar no primeiro clube a vencer uma competição europeia em três anos consecutivos desde meados da década de 1970, quando o Bayern conseguiu um “hat-trick” na Taça dos Clubes Campeões Europeus.

A ambição do Dortmund de Tuchel
Quando o Borussia Dortmund entrou em White Hart Lane para a segunda mão com o Tottenham Hotspur, muitos sabiam que os alemães tinham praticamente garantido um lugar nos quartos-de-final da UEFA Europa League, mas a equipa de Thomas Tuchel não estava satisfeita e entrou em campo com grande ambição, a pressionar alto no terreno, não dando sequer tempo para os ingleses pensarem em discutir a eliminatória. A versatilidade e inteligência de jogadores como Pierre-Emerick Aubameyang e Henrikh Mkhitaryan, conjugadas com a qualidade do seu treinador, levam a que o Dortmund seja uma equipa muito difícil de travar.

Aritz Aduriz é o melhor marcador da edição desta época
Aritz Aduriz é o melhor marcador da edição desta época©AFP/Getty Images

Até onde pode chegar o Athletic?
A série do Athletic Club de três vitórias consecutivas fora de casa na UEFA Europa League terminou na quinta-feira em Valência, mas a equipa de Ernesto Valverde apurou-se devido aos golos marcados fora depois de dois duelos emotivos com os rivais da Liga espanhola. O experiente Aritz Aduriz, que já conta com oito golos, marcou no regresso ao Mestalla, onde já jogou e, com o avançado em tão boa forma, o clube de Bilbau parece ter condições para atingir a terceira final europeia da sua história. 

Krejčí brilha pelo Sparta
O extremo internacional checo Ladislav Krejčí tem 23 anos e jogou durante toda a carreira no Sparta, mas pode não ficar durante muito mais tempo no clube depois da sensacional exibição que realizou no triunfo por 3-0 no reduto da Lázio. Krejčí fez um bom cruzamento para Bořek Dočkal inaugurar o marcador no Stadio Olimpico, desferiu um excelente remate para aumentar para 2-0 e durante todo o encontro mostrou uma enorme energia ao serviço de uma equipa que joga com grande altruísmo, alegria e também elegância.

Detecção de talentos em Bruxelas
Estiveram 19 prospectores estrangeiros no Estádio Constant Vanden Stock e houve muitos talentos em campo para tirar notas. Dennis Praet (21 anos) mostrou talento no flanco esquerdo do Anderlecht, enquanto Frank Acheampong (22) usou a sua força e velocidade para ser uma ameaça permanente no ataque. Viktor Kovalenko (20) destacou-se na organização do meio-campo do Shakhtar, mas foi um outro jogador da equipa da casa, Youri Tielemans (18), que mais brilhou, apesar de só ter estado 19 minutos em campo. O organizador de jogo parece que nasceu com uma bola nos pés.

O regresso do herói do Villarreal
Sergio Asenjo, guarda-redes do Villarreal que foi internacional Sub-21 por Espanha, passou 11 meses terríveis devido a uma lesão nos ligamentos de um joelho. A sua ausência permitiu que Alphonse Aréola, emprestado pelo Paris Saint-Germain, assumisse a titularidade, com Mariano Barbosa a também ser chamado para a UEFA Europa League. Actualmente ambos estão com problemas físicos, pelo que Asenjo teve oportunidade de disputar o primeiro jogo desde Abril de 2015. O guardião de 26 anos agarrou a oportunidade com duas mãos, mostrando concentração e qualidades no BayArena Leverkusen e ajudando o “submarino amarelo” a terminar mais um jogo sem sofrer golos.

Ladislav Krejčí esteve em destaque no sensacional triunfo do Sparta no terreno da Lazio
Ladislav Krejčí esteve em destaque no sensacional triunfo do Sparta no terreno da Lazio©AFP/Getty Images
Topo