O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

O que esperar na Jornada 5 da UEFA Europa League

A UEFA Europa League aproxima-se da fase crucial, com o Braga a sentir a pressão e vários nomes ilustres a lutarem para continuar em prova.

Orkun Kökçü (Feyenoord), Wissam Ben Yedder (Mónaco) e Vitinha (Braga)
Orkun Kökçü (Feyenoord), Wissam Ben Yedder (Mónaco) e Vitinha (Braga)

Seis equipas já garantiram a manutenção nas provas europeias em 2023 mas ainda há muito por disputar, com a fase de grupos da UEFA Europa League a atingir uma altura crucial. O Braga viu a concorrência aproximar-se, enquanto as quatro equipas do Grupo F têm todas cinco pontos.

Nesta peça, apresentada pela Enterprise, seleccionamos alguns temas de debate importantes antes da quinta ronda da competição.

Quinta-feira, 27 de Outubro
Grupo A: Zurique - Bodø/Glimt (17h45), PSV Eindhoven - Arsenal (17h45)
Grupo B: AEK Larnaca - Dynamo Kiev (17h45), Fenerbahçe - Rennes (17h45)
Grupo C: Ludogorets - Real Betis (17h45), HJK Helsínquia - Roma (20h00)
Grupo D: Malmö - Union SG (17h45), Union Berlim - Braga (17h45)
Grupo E: Man. United - Sheriff (20h00), Omonoia - Real Sociedad (20h00)
Grupo F: Lazio - Midtjylland (17h45), Sturm Graz - Feyenoord (20h00)
Grupo G: Friburgo - Olympiacos (20h00), Nantes - Qarabağ (20h00)
Grupo H: Estrela Vermelha - Trabzonspor (20h00), Ferencváros - Mónaco (20h00)

Como funciona a qualificação para a fase a eliminar

Os oito vencedores de grupos passam automaticamente para os oitavos-de-final. O alinhamento fica completo através do "play-off" eliminatório, a disputar antes dos oitavos-de-final, com os oito segundos classificados da fase de grupos a enfrentarem os terceiros classificados da fase de grupos da UEFA Champions League. As equipas que terminem no terceiro lugar da Europa League transitam para o "play-off" eliminatório da Europa Conference League.

Destaques

Braga tenta afastar Union Berlim em grande forma
O avançado Vitinha, do Braga, teve uma noite frustrante na quarta jornada, pois apesar de ter apontado um "hat-trick", a sua equipa desperdiçou uma boa vantagem e empatou a três com o Union SG, líder do Grupo D. O treinador Artur Jorge apontou um "erro infantil" no início do segundo período como o momento que deu esperança aos belgas, acrescentando: "A exibição foi boa, o resultado não".

Com isso a pressão aumentou, pois o Union Berlim, surpreendente líder da Bundesliga, ficou a apenas um ponto e agora recebe os "arsenalistas". O conjunto alemão vai continuar nas provas europeias, mas Julian Ryerson não quer descer de nível, afirmando: "No mínimo temos a Conference League garantida, mas ainda faltam dois jogos e não estamos satisfeitos com o terceiro lugar".

Resumo: Braga 1-0 Union Berlim

Mónaco sob pressão frente a fantasma húngaro
Na quarta jornada o Trabzonspor causou espanto ao vencer o Mónaco por 4-0, resultado que atirou os monegascos para o terceiro lugar. Segue-se uma visita ao Ferencváros, com um sinal pouco auspicioso: a formação húngara venceu em França. Se isso voltar a acontecer e o Trabzonspor bater o Estrela Vermelha, então o Mónaco fica fora da Europa League.

Resumo: Mónaco 0-1 Ferencváros

Feyenoord goleador procura rentabilidade
Apesar de ser a equipa mais concretizadora desta edição, o Feyenoord não consegue associar isso a rentabilidade, e por isso encontra-se em igualdade pontual com os restantes adversários. Na primeira volta goleou o Sturm por 6-0, mas entretanto os austríacos empataram duas vezes com a Lazio e podem vir a revelar-se um adversário complicado.

Resumo: Feyenoord 6-0 Sturm

Quais os jogos da Jornada 6?

Grupo A: Arsenal - Zurique (20h00), Bodø/Glimt - PSV Eindhoven (20h00)
Grupo B: Dynamo Kiev - Fenerbahçe (20h00), Rennes - AEK Larnaca (20h00)
Grupo C: Real Betis - HJK Helsínquia (20h00), Roma - Ludogorets (20h00)
Grupo D: Union SG - Union Berlim (20h00), Braga - Malmö (20h00)
Grupo E: Real Sociedad - Man. United (17h45), Sheriff - Omonoia (17h45)
Grupo F: Midtjylland - Sturm Graz (17h45), Feyenoord - Lazio (17h45)
Grupo G: Olympiacos - Nantes (17h45), Qarabağ - Friburgo (17h45)
Grupo H: Trabzonspor - Ferencváros (17h45), Mónaco - Estrela Vermelha (17h45)

Mais à frente

• A Real Sociedad lidera o Grupo E, à frente do Man. United, que já venceu por 1-0, mas há a possibilidade de só garantir o apuramento após o duelo entre ambos, na sexta ronda.

• Detentor da Europa Conference League, a Roma vai tentar não regressar a essa prova, mas para isso precisa desforrar-se do Ludogorets, com quem já perdeu.

Resumo: Ludogorets 2-1 Roma

Onde vai ser a final da UEFA Europa League de 2023?

A edição 2022/23 da Europa League termina na Puskás Aréna, em Budapeste, a 31 de Maio de 2023.

Inaugurado oficialmente em 2019, o estádio com capacidade para mais de 65.000 pessoas fica no local da antiga casa da seleção húngara, que também foi nomeado em homenagem a Ferenc Puskás, antigo avançado de Honvéd e Real Madrid. Está localizado no distrito de Zugló, na capital húngara.