UEFA Europa League 2015/16 em números

O Sevilha é o primeiro a vencer cinco vezes a competição e o único em três épocas seguidas, Daniel Carriço fixou novo recorde e o Club Brugge tem 20 participações seguidas: o UEFA.com faz a análise.

História da UEFA Europa League 2015/16 ©Sportsfile

3: O Sevilha é a primeira equipa a ganhar o troféu em três épocas consecutivas.

5: O Sevilha venceu a Taça UEFA/UEFA Europa League pela quinta vez, tendo fixado novo recorde de cinco presenças em finais: o Liverpool, tal como a Juventus e o Inter, têm três triunfos na prova, o segundo melhor registo.

7: Midtjylland apurou-se com sete pontos; foi a quinta vez que esse total garantiu a qualificação para os 16 avos-de-final.

10: Aritz Aduriz, do Athletic, foi o melhor marcador da prova, com dez golos.

Veja o Sevilha ganhar o seu quinto título
Veja o Sevilha ganhar o seu quinto título

11: Épocas necessárias para o Sevilha ganhar cinco troféus; passaram 49 anos entre a estreia europeia e o primeiro desses títulos.

13: O Augsburgo tornou-se no 13º clube alemão a competir na fase de grupos da UEFA Europa League, mais do que qualquer outro país (o Mainz irá ser o 14º na próxima época).

15: Simon Mignolet, guarda-redes do Liverpool, foi o único jogador a participar nos 15 jogos da competição desta época.

17: Segundos jogados na segunda parte quando Kevin Gameiro empatou a final.

Nápoles junta-se ao clube dos 100 por cento vitoriosos
Nápoles junta-se ao clube dos 100 por cento vitoriosos

18: O Nápoles tornou-se no sexto clube a somar o máximo de pontos (18) na fase de grupos, conseguindo um recorde de 22 golos marcados e apenas três sofridos. Igualou a maior vantagem de 11 pontos, conseguida pelo Zenit, em 2010/11.

20: Esta foi a 20º época consecutiva que o Club Brugge competiu na Taça UEFA/UEFA Europa League. O segundo melhor registo é de nove (PAOK, entre 1997/98 e 2005/06).

Skënderbeu surpreende Sporting
Skënderbeu surpreende Sporting

38: O Skënderbeu foi a primeira equipa da Albânia a atingir a fase de grupos da UEFA Europa League, fazendo do país a 38ª nação a estar representada.

54: Na segunda mão dos 16 avos-de-final, no terreno do Molde, Daniel Carriço, do Sevilha, tornou-se no primeiro jogador a participar em 50 partidas da UEFA Europa League. Após a final soma agora 54.

191: Ao todo, 191 equipas participaram na prova desta época – 102 começaram na primeira pré-eliminatória e oito, incluindo o Sevilha, entraram nos 16 avos-de-final após transitarem da fase de grupos da UEFA Champions League.

1229: Golos marcados na prova, 693 na fase de qualificação e 536 a partir da fase de grupos. Desses, nove aconteceram no prolongamento.

65.190: O jogo da segunda mão da terceira pré-eliminatória, na recepção do Dortmund aos austríacos do Wolfsberg, fixou novo recorde de assistência na fase de qualificação da prova.

Coutinho silencia Old Trafford
Coutinho silencia Old Trafford

75.180: Assistência na segunda mão dos oitavos-de- final, na recepção do Manchester United ao Liverpool, em Old Trafford – novo recorde na UEFA Europa League.

6.500.000: O Sevilha vai receber um bónus de 6,5 milhões de euros pela conquista do título, para além de outros prémios monetários referentes a fases anteriores da prova e as receita televisivas. Esta nova distribuição das verbas representa um aumento de 65 por cento ao prémio averbado.

6.746.192: Total de espectadores que assistiram aos 475 jogos, incluindo a fase de qualificação – o maior número na história da competição.