O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Klopp tranquilo quer Liverpool no bom caminho

A pressão está do lado do Liverpool após a vitória do Villarreal nos instantes finais da primeira mão da meia-final que se decide em Anfield, mas nada que já não se soubesse, ouvindo Jürgen Klopp.

Jürgen Klopp: não parece atingido por nenhuma aparente pressão
Jürgen Klopp: não parece atingido por nenhuma aparente pressão ©Getty Images
  • Golo perto do fim do suplente Adrián López decide primeira mão para o Villarreal
  • Equipa espanhola segue com 12 jogos seguidos sem perder na Europa, recorde do clube
  • Liverpool só não sofreu golos apenas por uma vez nos últimos 11 jogos
  • Há 280 minutos sem sofrer golos, Villarreal aponta à primeira presença numa grande final europeia
  • Vencedor defronta Sevilha ou Shakhtar na final, em Basileia, a 18 de Maio

Equipas prováveis
Liverpool: Mignolet; Clyne, Lovren, Touré, Moreno; Allen, Can, Milner; Lallana, Coutinho; Sturridge.
De fora: Origi (tornozelo/pé), Henderson (joelho), Rossiter (lesão muscular), Ings (joelho), Gomez (joelho), Sakho (suspenso)

Villarreal: Asenjo; Mario Gaspar, Musacchio, Víctor Ruiz, Jaume Costa; Jonathan Dos Santos, Bruno Soriano, Trigueros, Denis Suárez; Soldado, Bakambu.
De fora: ninguém

Emre Can debelou uma lesão
Emre Can debelou uma lesão©Getty Images

Jürgen Klopp, treinador do Liverpool
Se jogarmos o nosso melhor poderemos chegar à final. Estes jogadores [do Liverpool] deram muitos sinais positivos sobre as suas qualidades. Estamos preparados. Tudo o que fizemos desde [que cheguei em] Outubro foi perfeitamente preparado para um jogo como este.

Não existe absolutamente pressão nenhuma do exterior. Tudo o que fazemos, fazemos por nós. Sei o quanto irá ser difícil, mas sou do tipo de pessoa que aproveita mais as oportunidades do que aquela que teme tentar algo - pelo que vamos em frente. 

Resumo da primeira mão: Villarreal vence perto do fim
Resumo da primeira mão: Villarreal vence perto do fim

Marcelino, treinador do Villarreal
Viajámos para aqui cheios de esperança. Vamos dar tudo o que temos e desfrutar do jogo. O nosso principal objectivo é sermos competitivos. Sentimos que temos o que é preciso para nos apurarmos para a final. Garantidamente, não nos vamos deixar afectar de forma negativa pela atmosfera. Se ela nos afectar, será de forma positiva.

Vai ser uma partida diferente do jogo da primeira mão. Estamos à espera que eles pressionem bem alto no terreno desde o primeiro minuto e que joguem de uma forma mais directa. Podem até jogar num sistema diferente, com um ou dois jogadores diferentes, mas isso não irá condicionar o nosso jogo. Sabemos onde eles são perigosos e será fundamental contrariarmos os seus pontos fortes.

©AFP/Getty Images

Resultados do fim-de-semana
Swansea 3-1 Liverpool (André Ayew 20 67, Cork 33; Benteke 65)

Valência 0-2 Villarreal (Samu 14, Adrián López 33)

Guia de forma (todas as competições, mais recentes primeiro)
Villarreal: VVEDDV
Liverpool: DDEVVV

Quem é Cédric Bakambu?
Quem é Cédric Bakambu?

Visão do repórter: Simon Hart (@UEFAcomSimonH)
Jürgen Klopp pareceu pensar que o Villarreal exagerou nos festejos da vitória na primeira mão e o seu aviso após o jogo de que este “estava apenas no intervalo” deve ser levado em conta seriamente pelos espanhóis, perante um Liverpool que mostrou ao longo dos anos que se há equipa capaz de dar a volta a um resultado perante os seus adeptos, é ele. Nas nove vezes que jogou a segunda mão de uma meia-final em Anfield no seu orgulhoso historial europeu e venceu em oito delas.     

Sabia que?
O Villarreal nunca disputou uma final e nas duas ocasiões anteriores em que atingiu as meias-finais a equipa com quem perdeu acabou a erguer o troféu. Leia mais na nossa completa retrospectiva do jogo.