Jogadores a seguir na Europa League de 2015/16

Com a fase de grupos da UEFA Europa League prestes a arrancar, o UEFA.com escolhe alguns jogadores a seguir, entre os quais os brasileiros Felipe Anderson e Reynaldo.

Jogadores a seguir na Europa League de 2015/16
Jogadores a seguir na Europa League de 2015/16 ©Getty Images

Com 48 equipas a iniciarem esta quinta-feira as suas campanhas na fase de grupos, há centenas de jogadores apostados em deixar a sua marca na UEFA Europa League. O UEFA.com olha para alguns dos que acha que podem dar a vir que falar na prova.

Birkir Bjarnason (Basileia)
Médio poderoso, contratado este Verão ao Pescara, não tardou a mostrar todo o seu valor na Liga suíça. Aos 27 anos, tem também sido uma das figuras da surpreendente campanha da Islândia na fase de qualificação para o UEFA EURO 2016, onde foi até agora titular em todos os jogos, apontando dois golos.

Fernando Cavenaghi (APOEL)
O experiente avançado argentino, contratado ao River Plate no final de Agosto, teve impacto imediato à chegada aos campeões cipriotas. No seu jogo de estreia, saltou do banco a 15 minutos do apito final a tento de marcar dois golos, um deles com um delicioso toque de calcanhar.

Sabin Merino (Athletic Club)
Fez o jogo da sua vida frente ao Barcelona, na vitória por 4-0 da formação basca sobre a catalã na primeira mão da SuperTaça Espanhola. Essa exibição deu o mote para aquela que promete ser uma grande temporada de estreia na equipa principal do Athletic, depois de na temporada passada ter actuado pela formação de reservas do clube.

Michy Batshuayi
Michy Batshuayi©AFP/Getty Images

Michy Batshuayi (Marselha)
Já com três golos marcados na Ligue 1 esta temporada, o possante avançado belga tem dado muitas dores de cabeça às defesas contrárias com a sua velocidade, qualidade técnica e capacidade finalizadora. Forte a jogar com os dois pés, poderá ser um dos melhores marcadores da competição esta época.

Jairo Riedeweld (Ajax)
Comparado a Frank Rijkaard pelo seu treinador, Frank de Boer, é o típico defesa-central do Ajax, combinando capacidade física e bom tempo de entrada nos desarmes a uma boa técnica individual, que lhe permite sair a jogar ou fazer passes longos com qualidade.

Cédric Bakambu (Villarreal)
Contratado no Verão ao Bursaspor, este veloz avançado congolês bisou na estreia de sonho pelo clube, diante do Espanyol; promete fazer uma dupla de ataque temível com o experiente Roberto Soldado no ataque da turma do "submarino amarelo".

Federico Bernardeschi
Federico Bernardeschi©Getty Images

Federico Bernardeschi (Fiorentina)
Recuperado da lesão que o afectou na temporada passada, Bernardeschi, médio-ofensivo de 21 anos, bisou num amigável de pré-época frente ao Barcelona e há muitos em Florença a verem nele o novo Roberto Baggio.

Julian Weigl (Borussia Dortmund)
Médio de 20 anos com grande visão de jogo e forte no passe, é olhado na Alemanha como um clone de İlkay Gündogan. Jogar ao lado de Gündoğan no Dortmund tem, certamente, sido importante para ele neste arranque de temporada, depois de ter dado cartas no segundo escalão do futebol germânico na temporada passada.

Felipe Anderson
Felipe Anderson©Getty Images

Felipe Anderson (Lázio)
O extremo estava pronto para mostrar toda a sua habilidade técnica na UEFA Champions League mas, derrotado no "play-off" pelo Leverkusen, será a UEFA Europa League do talento do brasileiro. Fintas, toques de magia e golos espectaculares: os adeptos vão ter muito com que se entreter e os adversários vão ter muito que fazer para o travar.

Reynaldo
Reynaldo©AFP/Getty Images

Reynaldo (Qarabağ)
Demorou algum tempo a ambientar-se ao Azerbaijão, mas o brasileiro é agora o líder indiscutível do ataque da equipa. A sua velocidade e a sua técnica permitem-lhe avançar para sozinho para cima dos defesas contrários e, frequentemente, ultrapassá-los.

Outros destaques:
Nir Bitton (Celtic)
Mirko Valdifiori (Nápoles)
Johannes Geis (Schalke)

Daniel Baier (Augsburgo)
Fedor Smolov (Krasnodar)
Gökdeniz Karadeniz (Rubin)
Nikita Korzun (Dínamo Minsk)
David Pavelka (Slovan Liberec)