O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Lukaku lidera Everton na goleada ao Young Boys

BSC Young Boys 1-4 Everton FC
O Everton ficou com um pé nos oitavos-de-final ao reagir bem à desvantagem ajudado pelo "hat-trick" de Romelu Lukaku.

Romelu Lukaku felicitado pelo seu segundo golo
Romelu Lukaku felicitado pelo seu segundo golo ©Getty Images

Romelu Lukaku faz "hat-trick" e Everton consegue vitória folgada fora na primeira mão
Guillaume Hoarau coloca Young Boys na frente, antes de dois tentos do Everton em cinco minutos
Lukaku bisa com golos no final da primeira parte e início da segunda 
John Stones expulso por derrubar Hoarau, que desperdiça a grande penalidade subsequente
Segunda mão na próxima quinta-feira, na Alemanha, véspera do sorteio dos oitavos-de-final

Romelu Lukaku fez um "hat-trick" e o Everton FC ganhou por 4-1 no reduto do BSC Young Boys, ficando a um passo dos oitavos-de-final.

O Everton iniciou a partida com vontade, mas foi o Young Boys a mostrar eficácia. Após receber a bola de Raphaël Nuzzolo, Guillaume Hoarau rematou de fora da área e abriu o activo.

Os visitantes responderam e deram a volta ao resultado no espaço de cinco minutos. Lukaku fez o empate de cabeça, antes de um cruzamento de Steven Naismith passar por entre as pernas do guarda-redes do Young Boys e permitir a Seamus Coleman empurrar para o fundo da baliza.

Tim Howard defendeu um espectacular remate de Hoarau antes de o Young Boys ver-se ainda mais em apuros. Um passe de calcanhar de Bryan Oviedo desmarcou Gareth Barry e o seu cruzamento rasteiro encontrou Lukaku ao poste mais distante. O belga só teve de empurrar.

O Young Boys, ainda assim, nunca desistiu. Howard negou o golo a Milan Gajić, James McCarthy evitou um golo certo em cima da linha e Sekou Sanogo quase recolocou os suíços na luta pelo resultado, perto do intervalo.

Depois, Ross Barkley serviu Lukaku, que coloca a bola por cima de Yvon Mvogo para mais um golo e completar o "hat-trick", com o Everton confortável no jogo.

Após ser derrubado por John Stones, que foi expulso, Hoarau aprestou-se a converter a grande penalidade, mas atirou por cima. Esta foi a derrota mais pesada dos suíços na Taça UEFA/UEFA Europa League.