O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Será este o melhor "onze" da UEFA Europa League?

A redacção portuguesa do UEFA.com fez uma equipa de 11 estrelas que prometem dar brilho à Europa League, entre as quais Rui Patrício e Nani, do Sporting.

Destaques: Estrelas da UEFA Europa League
Destaques: Estrelas da UEFA Europa League

Para assinalar o o regresso da UEFA Europa League, a redacção portuguesa do UEFA.com escolheu um "onze" de entre as estrelas presentes na prova que promete dar brilho à competição. Como pode conferir, assumidos a ideia de que "o ataque é a melhor defesa" e a de que "na esquerda está a virtude".

Consegue fazer melhor? Envie-nos um "tweet" com a sua melhor equipa usando #UELXI e aceda ao Fantasy da UEFA Europa League

Rui Patrício (Sporting Clube de Portugal)
O Sporting perdeu por 1-0 em casa com o Chelsea FC, na segunda jornada da fase de grupos da UEFA Champions League, mas na retina ficou a exibição portentosa do guarda-redes dos "leões" e da selecção de Portugal. Não só evitou outros números como mereceu, no fim, cumprimento especial do treinador dos "blues", José Mourinho, que atravessou o terreno de jogo para felicitá-lo pelo desempenho. Patrício foi a voz de comando e presença segura na baliza do Sporting durante toda a fase de grupos e sê-lo-á, certamente, na UEFA Europa League, a começar com os 16 avos-de-final com o VfL Wolfsburg.

Ricardo Rodriguez (VfL Wolfsburg)
O lateral suíço sempre teve talento e a mudança para o Wolfsburgo, em 2012, trouxe ao de cima o melhor do jogador. Sólido atrás, o seu forte é mesmo subir no terreno e centrar para a área – não espanta que o jogador de 22 anos esteja a ser ligado a tantos novos clubes neste mês de Janeiro.

Os melhores golos do Tottenham
Os melhores golos do Tottenham

Ezequiel Garay (FC Zenit)
O defesa-central chegou à Rússia após ajudar a Argentina a chegar à final do Campeonato do Mundo e mostrou não querer abrandar, estabelecendo-se como um dos jogadores fundamentais do Zenit. O poderoso defesa de 28 anos também já brilhou na UEFA Europa League, atingindo duas finais pelo SL Benfica. Uma lesão nas costelas mantém-no em dúvida para o embate com o PSV Eindhoven.

Leighton Baines (Everton FC)
O lateral-esquerdo de 30 anos de Inglaterra somou recentemente a sua 45ª assistência na Premier League, um recorde para um defesa. O registo não surpreende dado as características ofensivas e capacidade nas bolas paradas que Baines – que soma mais de 250 jogos na Liga pelo Everton – demonstra.

Yevhen Konoplyanka (FC Dnipro Dnipropetrovsk)
O internacional ucraniano tem-se revelado um médio-esquerdo capaz de correr para cima dos defesas contrários com a bola nos pés ou, então, disparar autênticos mísseis de longa distância. Aos 25 anos, tem ao longo das últimas duas épocas despertado a atenção de vários clubes que deixariam qualquer um orgulhoso.

Raheem Sterling (Liverpool FC)
A grande velocidade do extremo de Inglaterra e cabeça fria na grande área tornam-no num jogador fundamental do Liverpool, equipa ainda a ajustar-se à saída de Luis Suárez. A lesão de Daniel Sturridge colocou ainda mais pressão sobre Sterling, mas o jogador de 20 anos, nascido na Jamaica, não parece deixar-se afectar.

Kevin De Bruyne (VfL Wolfsburg)
O organizador de jogo deu novo ímpeto à carreira na Bundesliga, após uma temporada de 2013/14 frustrante no Chelsea FC. Muitos afirmam que o internacional belga não é propriamente o mais aplicado dos jogadores no treino, mas em dias de jogo o atleta de 23 anos está sempre em acção. Trata-se de um médio inteligente a assistir os colegas e que também marca golos.

Nani (Sporting Clube de Portugal)
O internacional português regressou esta época às origens, concretamente ao Sporting, por empréstimo do Manchester United FC e não perdeu tempo a recuperar a boa forma que o distinguiu na Premier League, tendo sido fundamental na campanha do emblema de Lisboa na UEFA Champions League, com duas assistências e quatro golos. O destaque vai para o que marcou na vitória por 3-1 sobre o NK Maribor, no Estádio José Alvalade. Nani colocou nesse lance todas as suas características, passando por diversos adversários na área, antes de rematar de longe de forma brilhante.

Gonzalo Higuaín (SSC Napoli)
Higuaín, de 27 anos, é o tipo de avançado que qualquer defesa terá dificuldade em travar: forte no jogo aéreo, poderoso e tecnicista o suficiente para causar problemas a qualquer um. Depois de marcar mais de 120 golos pelo Real Madrid CF, fez já 42 em 76 partidas pelo Nápoles, e é justamente considerado o herdeiro de Gabriel Batistuta e Hernán Crespo.

Francesco Totti (AS Roma)
Não é fácil resumir a grandeza de Totti em poucas linhas. Jogador de um só clube, na sua cidade-natal, é dono de numerosos recordes: mais velho autor de golo (aos 38 anos) na história da UEFA Champions League e melhor marcador de sempre da Roma, para referir apenas dois. Letal nas bolas paradas, é perito em efectuar o passe decisivo, mas também a facturar.

Memphis Depay (PSV Eindhoven)
Com apenas 20 anos, Depay tem sido fundamental para o domínio do PSV na Eredivisie esta temporada. Combina técnica e velocidade, e uma forte capacidade física. O internacional holandês fez seis golos na UEFA Europa League esta época (incluindo pré-eliminatórias) e resistiu a notícias que o ligavam a transferências - quer vencer primeiro o título pelo PSV.

A UEFA Europa League regressa a 19 de Fevereiro com a primeira mão dos 16 avos-de-final