Elfsborg e Rosenborg aliviados com apuramento

O Elfsborg teve a sorte do seu lado e o Rosenborg redimiu-se de erros cometidos na primeira mão, enquanto Chikhura e Víkingur celebraram apuramentos históricos na segunda pré-eliminatória.

Os moldavos do Zimbru fazem a festa depois de afastarem o CSKA Sofia
Os moldavos do Zimbru fazem a festa depois de afastarem o CSKA Sofia ©Boris Kharchenko

IF Elfsborg e FC Shakhter Karagandy ficaram mais perto de regressar à fase de grupos da UEFA Europa League, numa noite em que um feito inédito para as Ilhas Faroé, um triunfo georgiano nos penalties e uma grande vitória do Aberdeen FC estiveram entre os pontos altos da segunda mão segunda pré-eliminatória.

• Aberdeen segue em frente para enfrentar a Real Sociedad
• Triunfo nos penalties para Chikhura, Elfsborg e St Johnstone 
• Rosenborg sobrevive ao Sligo
• Víkingur torna-se na primeira equipa das Ilhas Faroé a vencer duas rondas europeias seguidas
Confira todos os resultados da noite e o alinhamento da terceira pré-eliminatória

Mihret Topcagic, Ulan Konysbaev e o suplente Roman Murtazayev assinaram os golos do triunfo do Shakhter - uma das várias equipas em cena já com experiência na fase de grupos - sobre o FK Atlantas. A turma do Cazaquistão segue assim, sem problemas, para a ronda seguinte, mas o Elfsborg teve vida bem mais complicada. Derrotado em casa por 1-0 na primeira mão frente ao İnter Bakı PİK, o clube sueco viu a partida da segunda mão, no Azerbaijão, começar da melhor maneira, com os anfitriões a ficarem reduzidos a dez elementos logo aos quatro minutos. Sebastian Holmen empatou a eliminatória em cima do intervalo, mas o İnter reagiu e conseguiu levar a decisão para o desempate por grandes penalidades, onde Holmen voltou a ser o herói para os visitantes, ao converter o remate decisivo.

Bursaspor infeliz

Também os penalties acabaram por ditar o fim da aventura europeia dos turcos do Bursaspor, que pela frente encontraram uma formação georgiana do FC Chikhura Sachkhere ainda mais resistente do que foi o İnter diante do Elfsborg. Ao fim de 210 minutos de futebol sem qualquer golo marcado, o Chikhura levou a melhor no desempate, convertendo as quatro tentativas que teve e vencendo a infeliz turma da casa por 4-1.

Vencedor da Taça dos Clubes Vencedores de Taças de 1982/83, sob as ordens de Alex Ferguson, o Aberdeen FC viveu uma noite de sucesso ao vencer por 2-1 no terreno do FC Groningen, depois de uma primeira mão sem golos. O prémio é um embate na terceira pré-eliminatória com a Real Sociedad de Fútbol, equipa que na última época esteve na fase de grupos da UEFA Champions League.

Feito para as Ilhas Faroé

Outra equipa com experiência na UEFA Champions League, o Rosenborg, teve uma noite de alívio, ao conseguir dar a volta à derrota por 2-1 sofrida em casa com um triunfo por 3-1 sobre o Sligo Rovers FC na República da Irlanda. Os seus compatriotas do Tromsø IL, porém, não tiveram a mesma felicidade e foram testemunhas de um feito inédito para o futebol das Ilhas Faroé.

Deixar pelo caminho o FC Daugava Daugavpils, da Letónia, na primeira pré-eliminatória, constituíra já um feito digno de registo para o Víkingur, mas depois do empate sem golos somado há uma semana na recepção ao Tromsø, golos de Bárdur Hansen e Hallur Hansson valeram um triunfo histórico por 2-1 na Noruega. Este resultado torna o clube no primeiro das Ilhas Faroé a ultrapassar duas rondas da mesma edição de uma prova da UEFA. Segue-se um embate com o HNK Rijeka, que na época passada esteve na fase de grupos.