Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Segunda jornada da Europa League em números

Com golos, jogos e vitórias marcantes, o UEFA.com passa em revista a segunda jornada da Europa League e revela dez das melhores estatísticas individuais e por equipas.

Jermain Defoe entrou nos dez melhores marcadores da UEFA Europa League
Jermain Defoe entrou nos dez melhores marcadores da UEFA Europa League ©AFP/Getty Images

A UEFA.com analisa a segunda jornada da UEFA Europa League e escolhe dez dos mais interessantes factos e figuras.

• O golo inaugural de Alan na vitória por 2-1 do FC Salzburg no campo do Esbjerg fB foi o nº2300 na UEFA Europa League. O jogador brasileiro foi um dos três jogadores a bisar nesta jornada; os outros foram Nick Powell, do Wigan Athletic FC, e o suplente Sergio Floccari, da SS Lazio, autor de dois golos noutros tantos minutos, conduzindo a equipa italiana a um empate 3-3 em casa do Trabzonspor AŞ.

• A deslocação do PSV Eindhoven ao estádio do FC Chornomorets Odesa constituiu o 38º jogo do clube da Holanda na UEFA Europa League, da fase de grupos até à final, igualando assim a marca estabelecida previamente pelo Sporting Clube de Portugal e pelo Club Atlético de Madrid. Além disso, a vitória do PSV por 2-0 levou a equipa a ultrapassar o Atlético no estatuto de melhor marcador da competição, com 62 golos. O clube de Madrid continua, no entanto, a ser dono do maior número de vitórias, 23 contra 21 do PSV.

• Ao permitir o golo do empate já em período de descontos ao SK Rapid Wien, o FC Dynamo Kyiv aumentou para sete o número de jogos seguidos sem vencer – dois abaixo do recorde da competição. O 2-2 final foi, igualmente, o décimo empate dos ucranianos na prova, o que fica também perto do recorde negativo pertencente ao FC Steaua Bucureşti.

• O Wigan foi um dos quatro clubes a garantir nesta segunda jornada a primeira vitória na UEFA Europa League; os restantes foram o FC Slovan Liberec (2-1 em casa frente ao Estoril Praia), o Apollon Limassol FC (1-0 no terreno do Legia Warszawa) e, depois de oito tentativas, o Maccabi Tel-Aviv FC, treinado por Paulo Sousa (2-1 fora ao FC Girondins de Bordeaux).

• Das 24 equipas estreantes nesta competição, quatro delas alcançaram o máximo de pontos possíveis nas duas jornadas já efectuadas: Eintracht Frankfurt, Swansea City AFC, ACF Fiorentina e PFC Ludogorets Razgrad. Na medida inversa, o Estoril e o FC Kuban Krasnodar perderam ambos os desafios.

• Pela segunda vez consecutiva, a equipa que mais golos marcou foi o FC Rubin Kazan e, depois de ter aberto a fase de grupos com uma vitória por 5-2 no terreno do Maribor, obteve agora em casa um convincente 4-0 sobre o SV Zulte Waregem. Os quatro golos foram todos apontados na segunda parte – é a décima vez que uma equipa marca quatro vezes após o intervalo, mas apenas a primeira ocasião em que estes tentos são os únicos do jogo.

• O PAOK (de Miguel Vítor) FC obteve um novo máximo na competição, quando Dimitris Salpingidis fez o empate no terreno do AZ Alkmaar, aos 93 minutos. O 1-1 final foi o sétimo jogo seguido fora de casa sem derrotas na UEFA Europa League, ultrapassando assim o recorde anteriormente estabelecido por FC Porto, Atlético e Fenerbahçe SK.

• Aos 36 anos e 127 dias, Massimo Ambrosini tornou-se no quarto mais velho jogador a marcar um golo na competição, justamente o tento da vitória do Fiorentina em casa do FC Dnipro Dnipropetrovsk. O recorde continua na posse do médio checo Pavel Horváth, antigo jogador do Sporting, com 37 anos e 214 dias.

• Jermaine Defoe, avançado do Tottenham Hotspur FC, de André Villas Boas, fez o terceiro golo nesta campanha – no terreno do FC Anji Makhachkala –, o que faz dele não apenas o líder dos marcadores da época 2013/14 (em parceria com Alan e Jonatan Soriano, do Salzburgo), mas também o coloca no top dez dos melhores marcadores de sempre na UEFA Europa League. Incluindo a Taça UEFA, Defoe já marcou 20 vezes a este nível, ascendendo por isso ao 22º lugar do "ranking" de goleadores de todos os tempos.

• Pela segunda jornada seguida os 24 jogos disputados resultaram em mais vitórias fora do que em casa – oito contra sete –, além de nove empates. Na primeira jornada, os números foram dez, nove e cinco, respectivamente.

Topo