Estádio da Juventus

A final da UEFA Europa League de 2013/14 será a primeira disputada numa só mão em Turim.

Estádio da Juventus ©Domenic Aquilina

Capacidade na UEFA: 40.941
Recorde de assistência: 40.823 contra o FC Bayern München (10/04/2013)
Propriedade: Juventus

• O estádio foi inaugurado a 8 de Setembro de 2011 com um empate 1-1 entre a Juventus e a equipa que a inspirou a trajar de branco e preto, o Notts County FC. É o primeiro clube proprietário de um estádio na Serie A. “A Juventus teve sempre uma imagem maravilhosa, e uma imagem excelente precisa de um quadro maravilhoso como este”, disse o antigo capitão Alessandro Del Piero na inauguração.

• Com um custo de construção a rondar os 105 milhões de euros e edificado no local do antigo Stadio delle Alpi, o recinto alberga um museu, um "passeio da fama" com 50 estrelas da Juve e um enorme centro comercial. Ao contrário do Delle Alpi, não existe nenhuma pista de atletismo a circundar o relvado e as bancadas distam apenas sete metros do campo; mesmo as filas mais atrás estão apenas a 49 metros.

Stephan Lichtsteiner a marcar o primeiro golo oficial
Stephan Lichtsteiner a marcar o primeiro golo oficial©Getty Images

• Os "bianconeri" bateram o Parma FC 4-1 no primeiro jogo oficial no estádio, a 11 de Setembro de 2011, e Stephan Lichtsteiner assinou o tento inaugural, aos 16 minutos. Os adeptos tiveram depois de esperar mais 13 meses até à estreia nas competições europeias, num empate 1-1 com o FC Shakhtar Donetsk na fase de grupos da UEFA Champions League.

• A 14 de Junho de 2013, a Juventus arrendou por 99 anos uma enorme parcela de terreno nas imediações do estádio, tendo como objectivo desenvolvê-lo ao longo dos próximos dez anos, cujo plano inclui uma nova sede do clube e um centro de treinos.

• O Delle Alpi foi construído para o Campeonato do Mundo de 1990 e recebeu cinco jogos da prova, incluindo a vitória da Argentina por 1-0 sobre o Brasil, nos oitavos-de-final, e o duelo em que a República Federal da Alemanha venceu a Inglaterra, nas meias-finais, no desempate por grandes penalidades.

• A Juventus deixou de lá jogar em 2006 e regressou durante cinco anos ao Stadio Olimpico, que fora a sua casa entre 1933 e 1990.