O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sow considera que Fenerbahçe esteve perto do objectivo

Moussa Sow lamentou a eliminação do Fenerbahçe em Lisboa, mas está optimista para o futuro, afirmando: "Talvez merecêssemos passar à final, mas temos de olhar em frente."

Mehmet Topuz desiludido com a derrota do Fenerbahçe em Lisboa
Mehmet Topuz desiludido com a derrota do Fenerbahçe em Lisboa ©Getty Images

Actualmente não é fácil sair do Estádio do Sport Lisboa e Benfica com um resultado positivo, mas os jogadores do Fenerbahçe SK não esconderam a desilusão pela derrota por 3-1 na UEFA Europa League e por terem falhado a presença na primeira final europeia da história do clube. Moussa Sow mostrou orgulho pela campanha da equipa de Istambul, lamentou não estar em Amesterdão, mas afirmou que espera uma final emotiva entre "duas grandes equipas."

Moussa Sow, avançado do Fenerbahçe 
É uma grande desilusão. Penso que hoje merecíamos um resultado melhor. Tivemos pela frente uma grande equipa do Benfica e sabíamos que seria muito, muito difícil. Estamos todos tristes por não chegar à final, mas podemos ainda fazer grandes coisas no futuro.

Quando fizemos o 1-1 sonhámos com a final. O Benfica precisava marcar dois golos para seguir em frente, mas recuámos muito no terreno, fomos obrigado a isso por uma equipa do Benfica que é muito forte a atacar. Esta noite tivemos a prova disso, jogaram muito bem. É uma pena, o primeiro jogo poderia ter sido melhor. Podíamos ter conseguido uma vantagem mais confortável, mas a bola foi devolvida pelos postes, mas o futebol é assim, o destino estava traçado.

Se considero que o Chelsea é mais forte? Não, penso que o Benfica tem uma excelente equipa e que vai ser uma grande final.

Deixámos uma boa imagem nesta competição. Ao longo de toda a prova não sofremos muitos golos e estivemos fortes no ataque. Justificámos a presença nas meias-finais e talvez merecêssemos passar à final, mas temos de olhar em frente, podemos fazer grandes coisas no futuro no Fenerbahçe.

Volkan Demirel, guarda-redes do Fenerbahçe
Não há nada para falar a não ser sobre a nossa mágoa. Estivemos muito bem até aqui. Queríamos muito estar na final e, quem sabe, ganhar o troféu. Acreditámos que era possível. Tivemos algumas infelicidades, como as lesões de Selçuk [Sahin] e Gökhan [Gönül]. Não conseguimos defender a vantagem de 1-0 da primeira mão. Se tivéssemos ganho esse jogo por uma margem mais dilatada, talvez agora a conversa fosse diferente. Demos o nosso melhor não não fomos bem-sucedidos.

Não há mais nada a acrescentar. Cometemos um erro no segundo golo. Como disse o nosso treinador, Aykut Kocaman, não se podem sofrer golos assim a este nível. Por mais que se fale sobre isso, o resultado não vai mudar. Estamos tristes por não termos dado a final como presente aos adeptos do Fenerbahçe, mas espero que isso aconteça nos próximos anos.

Reto Ziegler, defesa do Fenerbahçe
Estamos todos muito tristes. Não é fácil falar nesta altura. Disputámos dois jogos de alto nível mas acabámos por pagar caro o facto de termos enviado a bola três vezes aos ferros no primeiro encontro. A equipa que falhasse menos acabaria por chegar à final. Depois do grande jogo que fizemos em Istambul penso que merecíamos estar na final mas agora temos de nos concentrar na Liga e na Taça da Turquia. Não há mais nada a fazer.

Conteúdos relacionados