O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Espírito de Barton contagia Marselha

A palavra francesa "gnaque" pode ser traduzida como uma vontade imensa de ganhar e o médio inglês Joey Barton possui-a em abundância, agora que se tenta afirmar no Marselha.

Joey Barton no treino do Marselha
Joey Barton no treino do Marselha ©AFP/Getty Images

Joey Barton não consegue ficar afastado das luzes da ribalta. Amarelado aos 22 minutos da sua estreia no campeonato, a falar numa conferência de imprensa em inglês com um cómico sotaque francês, a partilhar as suas opiniões com os quase 1,8 milhões de seguidores no Twitter, seja como for, é difícil o médio passar despercebido.

Passem algum tempo com o inglês e rapidamente ficarão a conhecer a sua determinação em ser bem-sucedido nesta época de empréstimo. Já é uma figura popular no clube, próximo das pessoas que trabalham nos bastidores e com uma amizade especial com André-Pierre Gignac.

Em campo, a integração demorou tempo, já que a suspensão de 12 jogos que trouxe de Inglaterra só lhe permitiu alinhar na UEFA Europa League, até à tão aguardada estreia na Ligue 1, no passado domingo, frente ao LOSC Lille.

Depois da derrota com o Fenerbahçe SK, na semana passada, os jovens Rafidine Abdullah e Kassim Abdallah utilizaram repetidamente a mesma palavra para descrever o que se pode esperar de Barton: "gnaque", que pode ser definida com uma vontade imensa de ganhar. Esse estilo combativo foi evidente na entrada intempestiva sobre Florent Balmont, do Lille.

O próprio Barton comentou: "Só falam nisso. Não vejo ninguém falar sobre o passe de mais de 40 metros que apanha Balmont desprevenido e leva à sua expulsão, nem do remate que não deu hipóteses a [Mickaël] Landreau. Para mim, é importante que as pessoas falem das minhas qualidades como jogador."

Segundo o próprio, as suas qualidades como jogador são imensas, especialmente no capítulo do remate e na disponibilidade física e aplicação que emprega nos treinos.

Após a vitória sobre o Lille, o treinador do Marselha, Elie Baup, disse: "Ele esteve bem e vai ser importante na luta pelo título, mas temos de ter cuidado para ele não se tornar num alvo para os árbitros."