O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Atlético e Celtic reencontram-se na estreia

Atlético e Celtic encontram-se pela quinta vez nas provas europeias na estreia da fase de grupos, num dia em que o Shamrock Rovers também quer impressionar.

José Antonio Reyes (à esquerda) marca ao Strømsgodset na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League
José Antonio Reyes (à esquerda) marca ao Strømsgodset na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League ©Getty Images

Os encontros da primeira jornada da fase de grupos da UEFA Europa League vão reavivar algumas memórias felizes para o Club Atlético de Madrid, enquanto o estreante irlandês Shamrock Rovers FC tentará impressionar na noite em que o ponta-de-lança islandês Eidur Gudjohnsen, do AEK Athens FC, cumpre o 33º aniversário. Três equipas da Roménia darão início à caminhada que esperam concluir na final agendada para a Arena Nacional, em Bucareste, a 9 de Maio de 2012.

Desforra para o Celtic
O Atlético pode sentir-se optimista antes do quinto jogo frente ao Celtic. O vencedor da UEFA Europa League de 2009/10 eliminou os escoceses por duas vezes nas competições de clubes da UEFA: numa meia-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1973/74 recheada de incidentes e na primeira eliminatória da Taça dos Vencedores de Taças de 1985/86. O técnico dos "bhoys", Neil Lennon, também perdeu por duas vezes contra o Atlético, numa eliminatória da Taça UEFA de 1997/88, quando representava o Leicester City FC.

Estatísticas vitais
Com quatro equipas, a Inglaterra é o país mais representado das 24 nações que estão presentes na fase de grupos; Bélgica, Ucrânia, Holanda, Roménia, Áustria e Israel apresentam três conjuntos cada. O país mais bem cotado no ranking sem qualquer representante na fase de grupos é a República Checa, no 19º lugar. A Eslovénia, 35ª classificada, é a mais mal cotada com conjuntos nesta fase da prova.

Estreante irlandês 
O Shamrock Rovers causou a principal sensação do "play-off" ao eliminar o FK Partizan e tornar-se na primeira equipa irlandesa a participar numa fase de grupos de uma prova da UEFA. O primeiro desafio dos semi-profissionais de Dublin será tentar travar o FC Rubin Kazan, campeão da Rússia em duas ocasiões, que participou nas duas últimas edições da UEFA Champions League e obteve uma vitória histórica frente ao FC Barcelona em Camp Nou.

Feliz aniversário
RSC Anderlecht e AEK Athens defrontam-se pela segunda vez consecutiva na fase de grupos e o dianteiro islandês do conjunto grego, Eidur Gudjohnsen, vai tentar assinalar o seu 33º aniversário em grande estilo. O antigo jogador do Chelsea FC e do FC Barcelona ainda não marcou qualquer golo nas provas europeias pelo clube no qual ingressou após deixar o AS Monaco FC. No entanto, também nunca realizou nenhuma partida da UEFA em dia de aniversário.

A seguir
O treinador do Fulham FC, Martin Jol, vai defrontar o FC Twente, equipa que o holandês representou enquanto jogador entre 1979 e 1982. Única formação a chegar à fase de grupos a partir da primeira pré-eliminatória na presente temporada, o Fulham contratou Bryan Ruiz ao Twente no derradeiro dia do prazo de transferências, mas o extremo não poderá actuar na fase de grupos.

Veia goleadora
O dianteiro holandês Nacer Barazite, do FK Austria Wien, foi o melhor marcador das pré-eliminatórias da UEFA Europa League, com oito tentos em seis encontros. O jogador, que passou pelos escalões jovens do Arsenal FC, vai tentar acrescentar mais golos a essa marca quando os austríacos defrontarem o FC Metalist Kharkiv.

Sabia que?
O jogo do Wisła Kraków frente ao Odense BK criou este facto curioso: a tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki nasceu em Odense quando o seu pai polaco Piotr representava o clube local Boldklubben 1909. Anteriormente, Piotr jogou pelos conjuntos polacos do Miedź Legnica e do Zagłębie Lubin.