O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sam confirma apuramento do Leverkusen

Rosenborg BK 0-1 Bayer 04 Leverkusen
Um golo de Sidney Sam permitiu aos alemães vencerem o Grupo B e terminou com as esperanças de qualificação do Rosenborg.

Sam confirma apuramento do Leverkusen
Sam confirma apuramento do Leverkusen ©Getty Images

Um golo solitário de Sidney Sam, aos 35 minutos, permitiu ao Bayer 04 Leverkusen bater o Rosenborg BK, em Trondheim, e garantir a passagem aos 16 avos-de-final.

No jogo disputado na Alemanha, a equipa da casa tinha conseguido uma goleada por 4-0, muito à custa do “hat-trick” de Patrick Helmes, mas desta vez a equipa de Josef Heynckes só precisou de um golo para somar três pontos. No outro encontro do Grupo B, o Aris Thessaloniki FC conseguiu um surpreendente triunfo em casa do Club Atlético de Madrid, permitindo ao clube alemão garantir o primeiro lugar, com uma jornada por disputar, e levando à eliminação do Rosenborg.

Os campeões noruegueses, que após a quarta jornada conseguiram a proeza de terminar o seu campeonato sem derrotas, tiveram duas boas oportunidades para se adiantarem no marcador. O forte disparo de Morten Moldskred, de longa distância, falhou o alvo por pouco, e depois o avançado cabeceou ao poste na sequência de um bom cruzamento de Per Ciljan Skjelbred.

Foi depois disso que o Leverkusen assumiu o comando do jogo, com Nicolai Jørgensen a testar as qualidades de Daniel Örlund com um cabeceamento, antes de Helmes obrigar o guarda-redes a uma boa defesa, pouco depois de ter visto um golo anulado por fora-de-jogo. O golo surgiu quando Sam dispôs de tempo e espaço para preparar um remate a 20 metros da baliza, levando a bola a entrar com violência num dos ângulos inferiores da baliza norueguesa.

O segundo tempo começou de forma semelhante ao primeiro, com a equipa da casa a dominar, mas sem conseguir aproveitar as oportunidades. Steffen Iversen correspondeu a um cruzamento de Moldskred, mas Sami Hyypiä afastou o perigo sobre a linha de baliza, para depois Rade Prica evitar o fora-de-jogo, mas sem conseguir bater Fabian Giefer, quando só tinha o guarda-redes pela frente.

A seguir foi a vez de Vadim Demidov desperdiçar uma boa situação, quando cabeceou após um livre de Mikael Dorsin, para depois Prica conseguir ultrapassar a defesa visitante, mas o remate levou a bola a passar por Iversen e pelo lado de fora do segundo poste. As aspirações do Rosenborg caíram definitivamente por terra quando Giefer se estirou ao máximo e conseguiu defender um cabeceamento de Prica.