Arda ansioso pelo sorteio

Arda Turan virou a atenção para o sorteio do "play-off" após marcar no triunfo (5-1) do Galatasaray sobre o OFK. "O mais importante é que estamos qualificados", disse.

O Galatasaray festeja o triunfo em Belgrado
O Galatasaray festeja o triunfo em Belgrado ©UEFA.com

Arda Turan, organizador de jogo do Galatasaray AŞ, mostrou-se ansioso pelo sorteio de sexta-feira do "play-off" da UEFA Europa League, após ter marcado no triunfo dos turcos na segunda mão da terceira pré-eliminatória, por 5-1, sobre o OFK Beograd, que valeu um triunfo total por 7-3.

O OFK recuperou de uma desvantagem de 2-0 para conseguir um surpreendente empate 2-2 em Istambul na semana passada, mas os comandados de Frank Rijkaard foram rápidos a assegurar que não haveria mais nenhum revés no Estádio Omladinski. Mustafa Sarp e Harry Kewell puseram os visitantes a vencer por 2-0 a meio da primeira parte e, apesar de Danilo Nikolić ter reduzido aos 32 minutos, a sua expulsão, aos 57, por derrube a Kewell na área, sentenciou a eliminatória a favor do Galatasaray.

O australiano converteu a grande penalidade resultante, antes de mais golos de Arda (71) e do suplente Mehmet Batdal (81) terem completado uma noite descansada para os turcos. "Jogámos bem, melhor do que em Istambul, onde cometemos vários erros tácticos", disse Arda. "Aqui tentámos corrigir esses erros. Foi mais difícil jogar em Belgrado devido à temperatura e à humidade, mas demos tudo e o mais importante é que nos qualificámos para o 'play-off'."

Rijkaard estava radiante com o desejo da sua equipa em rectificar a decepcionante primeira mão realizada no Estádio Ali Sami Yen. "Foi um jogo muito importante para mim. Tentámos controlar durante os 90 minutos. No primeiro jogo, o OFK surpreendeu-nos com a sua forma de jogar e também com o resultado que conseguiu. Estávamos em choque. Aqui, chegámos rapidamente a 2-0, mas o OFK não desarmou e reduziu a desvantagem. O penalty foi o ponto de viragem."

O treinador da formação de Belgrado, Dejan Djurdjević, acrescentou: "Foi uma excelente experiência para a minha equipa e estou satisfeito porque fizemos um bom jogo e os adeptos ficaram satisfeitos. Este encontro causou enorme impacto aos jogadores e não creio que lhes afectará o moral. O Galatasaray mostrou que é um grande clube e tem jogadores experientes."