A UEFA Europa League em números

O UEFA.com faz a retrospectiva da UEFA Europa League e destaca os factos e os números da edição inaugural da prova.

Óscar Cardozo mostrou veia goleadora também na Europa
Óscar Cardozo mostrou veia goleadora também na Europa ©Getty Images

O UEFA.com faz a retrospectiva da UEFA Europa League e destaca os factos e os números da edição inaugural da prova (a partir da fase de grupos). Para mais estatísticas visite a secção própria da UEFA Europa League.

0 Remates enquadrados com a baliza conseguidos pelo Fulham FC no jogo da primeira mão das meias-finais, no terreno do Hamburger SV.

2,66 Média de golos por jogo na UEFA Europa League: 547 remates certeiros em 205 partidas.

3 "Hat-tricks" apontados: Liedson (Sporting 3-2 SC Heerenveen), Claudio Pizarro (Werder Bremen 4-1 FC Twente) e David Villa (Werder Bremen 4-4 Valencia CF).

4 Minutos que demorou Alberto Zapater, do Genoa CFC, a marcar o primeiro golo da fase de grupos da UEFA Europa League de sempre.

5 Vitórias conseguidas pelo Club Atlético de Madrid na campanha europeia desta época, na qual perdeu quatro vezes e empatou oito.

5 Maior margem de vitória: Benfica 5-0 Everton FC, na terceira jornada da fase de grupos.

8 Países representados pelas oito equipas que, neste Inverno, se transferiram da fase de grupos da UEFA Champions League para a UEFA Europa League: Itália, Alemanha, França, Espanha, Inglaterra, Rússia, Roménia e Bélgica.

9 Golos apontados pelos melhores marcadores do certame: Óscar Cardozo (Benfica) e Claudio Pizarro (Bremen).

16 Taças dos Clubes Campeões Europeus conquistadas pelas equipas que participaram nos 16 avos-de-final: Liverpool FC 5, AFC Ajax 4, Juventus 2, Benfica 2, Olympique de Marseille 1, Hamburg 1, PSV Eindhoven 1.

18 Pontos os alcançados pelo FC Salzburg, a única equipa a terminar a fase de grupos com a pontuação máxima. Os austríacos foram depois eliminados nos 16 avos-de-final pelo R. Standard de Liège.

22,5 Segundos que bastaram para o ponta-de-lança Bobby Zamora, do Fulham, marcar no terreno do VfL Wolfsburg, então ainda campeão alemão, nos quartos-de-final.

24 Federações representadas na fase de grupos incluindo, pela primeira vez em qualquer competição de clubes da UEFA, as da República da Moldávia e Letónia.

26 Golos marcados pelo Bremen, o melhor ataque da prova apesar de ter sido eliminado nos oitavos-de-final.

34 Remates enquadrados com a baliza efectuados no empate sem golos entre o FC Twente e o FC Steaua Bucureşti, na fase de grupos. Bremen e Valência conseguiram mais quatro quando se defrontaram nos oitavos-de-final, mas houve oito golos nesse encontro.

39 Idade do guarda-redes Sander Boschker, do FC Twente, o mais velho jogador que participou na competição.

40 Cartões amarelos vistos pelos jogadores do Valência (média de um a cada 27 minutos), a equipa mais indisciplinada da prova, que também coleccionou quatro vermelhos.

53 Faltas registadas no triunfo do AC Sparta Praha, por 3-2, frente ao CFR 1907 Cluj, na quarta jornada da fase de grupos. O jogo mais faltoso do certame foi, também, aquele que mais remates teve: 34.

55 Expulsões nos 205 jogos.

116 Minuto durante o qual Diego Forlán apontou o golo decisivo do Atlético de Madrid, na final ante o Fulham.

192 Clubes que participaram na competição ganha pelo Atlético, em Hamburgo, a 12 de Maio.

286 Dias que passaram desde o triunfo do Fulham, por 3-0, na terceira pré-eliminatória frente ao FK Vėtra, na Lituânia, e a final.

1650 Minutos que Mark Schwarzer passou entre os postes durante a campanha do Fulham, mais do que qualquer outro jogador da prova.

1900 Quilómetros cumpridos por terra pelo Liverpool FC para poder defrontar o Atlético em Madrid na primeira mão das meias-finais, em virtude dos problemas causados pelas cinzas vulcânicas nas ligações aéreas na Europa.

1993 Ano em que nasceu Romelu Lukaku. Aos 16 anos e 218 dias, tornou-se no futebolista mais novo a jogar e a marcar na prova quando bisou pelo RSC Anderlecht frente ao Ajax, na sexta jornada.