Colossos com Hamburgo no pensamento

O Hamburgo permanece na corrida para a final da edição inaugural da prova, no seu estádio, enquanto Juventus e Liverpool podem juntar-se aos germânicos no sorteio dos quartos-de-final, na sexta-feira.

Os jogadores do Hamburgo aplaudem os adeptos depois da vitória por 3-1 frente ao Anderlecht
Os jogadores do Hamburgo aplaudem os adeptos depois da vitória por 3-1 frente ao Anderlecht ©Getty Images

Os oito embates dos oitavos-de-final da UEFA Europa League concluem-se na quinta-feira, com o Hamburger SV ainda na corrida para disputar a final da edição inaugural da prova, no seu próprio estádio. Juventus e Liverpool FC tentam juntar-se a aos germânicos no sorteio dos quartos-de-final, na sexta-feira, onde clubes do mesmo país já podem defrontar-se. O Benfica tem tarefa difícil em França, enquanto o Sporting pode festejar em casa.

A equipa de Bruno Labbadia parte para a Bélgica com uma vantagem de 3-1 alcançada na primeira mão, frente ao RSC Anderlecht – e com a possibilidade de disputar a final da prova, no seu Arena Hamburg, no dia 12 de Maio. O mais perto que esteve de conquistar o troféu foi em 1981/82, quando foi finalista vencido da Taça UEFA. Já Juventus e Liverpool perseguem o quarto título do seu palmarés, algo inédito no historial da competição.

A Juve bateu o Fulham FC por 3-1, em Turim, mas o vencedor da Taça UEFA em 1976/77, 1989/90 e 1992/93 não vai ter tarefa fácil no jogo da segunda mão, já que o clube londrino ainda não perdeu um jogo em casa nas competições europeias. O Liverpool - cujos três sucessos na Taça UEFA, em 1972/73, 1975/76 e 2000/01, colocam-no ao mesmo nível dos "bianconeri" e do FC Internazionale Milano como as equipas mais tituladas - pode ter uma tarefa mais complicada.

Derrotado por 1-0 em casa do LOSC Lille Métropole, a equipa de Rafael Benítez tem o conforto de disputar o segundo jogo em Anfield, mas dada a classe que a equipa de Rudi Garcia tem mostrado esta época, terá que melhorar bastante. De facto, ainda está muita coisa em aberto em todos os jogos dos oitavos-de-final, exceptuando talvez a partida entre R. Standard de Liège e Panathinaikos FC, pois o conjunto belga trouxe para casa uma vantagem de 3-1 alcançada em Atenas.

Os outros quatro jogos da primeira mão terminaram empatados. Reduzido a nove jogadores frente ao Club Atlético de Madrid (de Simão), o Sporting aguentou o nulo, enquanto o rival Benfica vai ter que fazer melhor do que o empate a um golo averbado em casa, frente ao Olympique de Marseille. Os confrontos entre FC Rubin Kazan, campeão russo, e o seu homónimo germânico, VfL Wolfsburg, e entre Valencia CF (de Miguel e Manuel Fernandes) e Werder Bremen (de Hugo Almeida), finalista vencido da Taça UEFA na época passada, também terminaram 1-1.