O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Hazard dá sorte ao Lille

LOSC Lille Métropole 1-0 Liverpool FC
Os "reds" partem em desvantagem para a segunda mão, depois de o jovem belga ter convertido um livre directo.

Eden Hazard (à esquerda) celebra o golo marcado ao Liverpool
Eden Hazard (à esquerda) celebra o golo marcado ao Liverpool ©Getty Images

Um livre já perto do final, marcado pelo jovem Eden Hazard, foi o suficiente para garantir uma importante vantagem ao LOSC Lille Métropole sobre o Liverpool FC, em jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Europa League.

O internacional belga tentou cruzar do flanco esquerdo, mas a bola acabou por escapar a toda a gente, incluindo o guarda-redes dos "reds", Pepe Reina, entrando na baliza inglesa aos 84 minutos. Foi o único golo de um duelo bastante equilibrado e no qual as oportunidades surgiram perto das duas balizas. O guarda-redes do Lille, Mickaël Landreau, assinou uma boa exibição e frustrou as tentativas do Liverpool, enquanto Pierre-Emerick Aubameyang acertou no poste, pouco depois de Hazard ter marcado o 1-0.

O técnico dos franceses, Rudi Garcia, tinha prometido futebol de ataque e a sua equipa não desiludiu, entrando com grande vigor no jogo. Logo no primeiro minuto, Yohan Cabaye testou a atenção de Reina, mas, aos poucos e apesar das iniciativas de Hazard e Florent Balmont, o Liverpool começou a assumir o controlo do encontro e a ameaçar a baliza gaulesa. Aos 26 minutos, Ryan Babel tentou a sua sorte, mas não conseguiu superar a oposição de Landreau.

Foi a primeira de três belas defesas efectuadas por Landreau antes do intervalo, com o antigo internacional francês a travar um livre directo de Steven Gerrard antes de mostrar reflexos de felino para defender um cabeceamento à queima-roupa de Fernando Torres. A segunda parte começou com o mesmo filme e Landreau brilhou a remate de Babel.

No entanto, o Lille não se atemorizou e reagiu muito bem, com Pierre-Alain Frau a aquecer as mãos de Reina, antes de Daniel Agger ficar muito perto de assinar um autogolo, após um cruzamento de Balmont. Aos 70 minutos, foi a vez de Cabaye falhar o alvo por muito pouco e, depois, um remate muito forte de Stéphane Dumont acertou em cheio na cara de Reina.

Surgiu, então, o golo feliz de Hazard, que lançou uns últimos minutos absolutamente frenéticos. O recém-entrado Aubameyang esteve muito perto de assinar o 2-0, mas o seu remate fez a bola embater no lado de fora do poste, enquanto Landreau ainda teve de se aplicar em tempo de descontos para evitar o empate de Gerrard. O Lille tem, assim, uma magra vantagem para defender em Anfield Road, no dia 18 de Março.