O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sortes diferentes na Alemanha

O Estugarda e o Wolfsburgo entraram a ganhar na Taça UEFA, enquanto o Hamburgo não foi além de um empate, em casa, com o estreante Unirea Urziceni. O Borússia de Dortmund perdeu com a Udinese.

Mario Gómez celebra o segundo golo do Estugarda
Mario Gómez celebra o segundo golo do Estugarda ©Getty Images

O futebol alemão viveu uma noite de contrastes na primeira mão da primeira eliminatória da Taça UEFA, com o VfB Stuttgart e o VfL Wolfsburg a vencerem, enquanto o Hamburger SV não foi além de um empate em casa com o AFC Unirea Urziceni. O SV Borussia Dortmund foi mesmo derrotado pela Udinese Calcio no Westfalenstadion.

PFC Cherno More Varna 1-2 VfB Stuttgart
Dois golos de Mario Gómez, na segunda parte, permitiram ao Estugarda dar a volta ao resultado no Estádio Nacional Vasil Levski, em Sófia. A equipa búlgara tinha aberto o activo a três minutos do intervalo, com Tanko Dyakov a aproveitar o espaço que lhe foi concedido na área para bater Jens Lehmann. Mas a formação germânica respondeu aos 66 minutos, quando Gómez concluiu um lance confuso à boca da baliza. A nove minutos do final o internacional alemão, de 23 anos, assinou o bis, dando a melhor sequência a um centro de Martin Lanig.

VfL Wolfsburg 1-0 FC Rapid Bucureşti
O Wolfsburgo garantiu uma curta, mas preciosa, vantagem para defender na Roménia, graças a uma grande penalidade convertida por Grafite no segundo minuto de compensação da primeia parte. Com Ricardo Costa no banco dos suplentes, o Wolfsburgo regressou às competições europeias nove anos depois da última presença e ganhou vantagem frente ao Rapid, orientado por José Peseiro, depois de Cesinha, antigo jogador do Sp. Braga, ter cometido falta para penalty sobre Makoto Hasebe. A pressão alemã manteve-se na segunda parte, mas uma grande exibição do guarda-redes Urko Pardo e da defesa romena, onde esteve Ricardo Fernandes, evitou que o Rapid sofresse uma derrota mais pesada.

Hamburger SV 0-0 AFC Unirea Urziceni
O Hamburgo também recebeu uma equipa romena, mas o antigo campeão europeu teve bem mais dificuldades ante o Unirea, que se estreava nas competições da UEFA. A equipa da casa teve de esperar até ao 30º minuto para criar uma oportunidade de golo, perante a formação orientada por Dan Petrescu, com o remate de David Jarolím a ser devolvido pelo poste. Por incrível que pareça, este lance motivou o líder do campeonato romeno e o Hamburgo só voltou a pressionar bem dentro da segunda parte. Piotr Trochowski acertou na barra aos 80 minutos e José Paolo Guerrero também esteve muito perto de marcar perto do final, mas o Unirea aguentou o "forcing" e garantiu um excelente resultado.

BV Borussia Dortmund 0-2 Udinese Calcio
Golos, na primeira parte, de Antonio Floro Flores e Gökhan Inler deram uma excelente vantagem à equipa italiana, que aproveitou, na perfeição, os erros defensivos dos germânicos. Floro Flores marcou logo aos oito minutos num lance de contra-ataque, e o internacional suíço Inler aumentou a vantagem pouco depois da meia-hora de jogo, após cruzamento de Simone Pepe. A jovem equipa do Dortmund subiu de rendimento na segunda parte, mas também acabou por ter alguma sorte em não sofrer mais golos no contra-ataque, enquanto procurava reduzir a diferença.