Love quer brilhar em Lisboa

O avançado brasileiro do CSKA de Moscovo, Vágner Love, sonha com um golo na final da Taça UEFA, frente ao Sporting.

Por Diogo Teixeira

Alguns dos jogadores do PFC CSKA Moskva podiam ter pensado que estavam a entrar em território inimigo, quando chegaram a Lisboa para defrontar o Sporting, na final da Taça UEFA. No entanto, o avançado brasileiro Vágner Love acredita que o potencial da sua equipa pode contrariar o favoritismo da turma leonina.

Presença lusófona
Tendo chegado ao clube russo oriundo do Palmeiras, naquela que foi a transferência mais cara da história do CSKA, no valor de oito milhões de euros, Vágner Love tornou-se num dos jogadores mais importantes da liga russa. O atleta pode deixar uma marca ainda mais profunda no futebol russo, caso ajude a equipa de Valeri Gazzaev a vencer no Estádio José Alvalade.

Momento importante
"Todos os jogadores sonham em marcar num jogo como este", contou ao uefa.com o jogador, de 21 anos de idade, que já apontou três golos nesta edição da Taça UEFA. "Eu não sou excepção e acredito que o posso conseguir. A equipa está em forma e as nossas expectativas são muito boas. Estamos motivados e concentrados. Acredito que o CSKA pode conquistar este troféu".

Tempos complicados
Vágner Love passou por alguns momentos conturbados no CSKA. No começo de Janeiro, o jogador pretendia voltar ao Brasil para se juntar ao Corinthians, uma vez que estava afastado da titularidade, e, para além disso, o clima frio da Rússia estava a afectar a saúde do seu filho, Vágner Junior.

Tudo pelo clube
Apesar desse período, o brasileiro revela que está feliz por ter ficado na Rússia. "Sou um jogador profissional, gosto de jogar futebol e honro o clube que sirvo", disse. "Estou muito feliz no CSKA e farei tudo o que puder para conquistarmos este troféu".

Fazer história
Vencer a Taça UEFA seria um marco decisivo para o CSKA, uma vez que nenhum clube russo venceu uma competição europeia, apesar de, nos tempos da União Soviética, os adeptos russos possam ter ficado felizes com as vitórias dos ucranianos do FC Dynamo Kyiv e do FC Dinamo Tbilisi, da Geórgia, na Taça das Taças.

Jogar fora
Para o CSKA conseguir tal feito, no Estádio José Alvalade, terá de superiorizar-se a uma excelente equipa do Sporting, que tem a considerável vantagem de jogar em casa, frente de um público que será composto, maioritariamente, por adeptos "verde-e-brancos".

Final de Lisboa
"Temos vantagem quando jogamos perante o nosso público, com o estádio completamente cheio", afirmou Vágner Love. "Isso dá motivação-extra aos jogadores. O Sporting terá essa vantagem, mas o CSKA está a jogar bem e é uma final, pelo que tudo pode acontecer".

Clube com tradição
"O Sporting é uma grande equipa, com uma boa tradição nas competições europeias e sabemos que vamos ter muitas dificuldades. Desde que chegámos a Portugal, no sábado, temos visto videos para saber como eles jogam. Acima de tudo, sei que têm excelentes jogadores".

Admiração por Liedson
Talvez o melhor de um excelente plantel sportinguista seja Liedson, compatriota de Vágner Love. "Não o conheço pessoalmente, mas vi muitos dos jogos que o Liedson efectuou pelo Corinthians e Flamengo", afirmou o avançado do CSKA. "É um grande jogador".

Estrela brasileira
Neste momento, Liedson pode ser o nome que todos os adeptos do Sporting têm em mente, mas, se tudo correr pelo melhor para os moscovitas, Vágner Love poderá ser a maior estrela brasileira na noite de quarta-feira.