O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA Europa Conference League: O que esperar na primeira mão dos oitavos-de-final

Conheça os resistentes da nova competição e antigos campeões europeus em busca de novas aventuras.

Rennes's Gaëtan Laborde, Bodø/Glimt's Alfons Sampsted and Roma's Tammy Abraham
Rennes's Gaëtan Laborde, Bodø/Glimt's Alfons Sampsted and Roma's Tammy Abraham

A UEFA Europa Conference League vai apenas na primeira época, mas já começa a ter o seu conjunto de heróis.

A Enterprise Rent-A-Car apresenta o guia do UEFA.com para a primeira mão dos oitavos-de-final.

Bodø/Glimt e Partizan, corredores de fundo

Resumo: Bodø/Glimt 2-0 Celtic
Resumo: Bodø/Glimt 2-0 Celtic

Com o Qarabağ eliminado na ronda anterior, os noruegueses do Bodø/Glimt e os sérvios do Partizan lutam agora por serem a equipa com mais jogos na nova competição. Ambas os conjuntos começaram as respectivas aventuras na Europa Conference League na segunda pré-eliminatória e já somam 14 partidas cada um – seis nas pré-eliminatórias e oito na fase mais importante –, com Miloš Jojić (Partizan) e Alfons Sampsted (Bodø/Glimt) entre os jogadores com mais presenças (14).

O Bodø/Glimt goleou a Roma em casa na fase de grupos por 6-1 e conseguiu um feito ainda maior ao eliminar o Celtic na etapa passada. Agora, os noruegueses defrontam o AZ Alkmaar, enquanto o Partizan mede forças com o Feyenoord. Caso alguma das duas equipas – ou mesmo ambas – chegue à final, a decisão em Tirana seria o 21º jogo da época na Europa Conference League.

Campeões europeus na corrida

Cinco grandes golos do PSV
Cinco grandes golos do PSV

O treinador do PSV Eindhoven, Roger Schmidt, admitiu antes do início da temporada que não estava totalmente convencido com a Europa Conference League. Contudo, tendo já jogado esta época na fase de qualificação da UEFA Champions League e na fase de grupos da UEFA Europa League esta época, a equipa dos Países Baixos prossegue o caminho na nova competição, enquanto se prepara para defrontar o Copenhaga. "A prova surpreendeu-me positivamente", reconheceu Schmidt. "Ainda há muitas equipas fortes nos oitavos-de-final e realizámos dois grandes jogos [contra o Maccabi Telavive]."

Campeão europeu em 1987/88 e vencedor da Taça UEFA em 1977/78, o PSV pode adicionar esta época um novo troféu ao seu palmarés, mas não é o único antigo vencedor da Taça dos Campeões na corrida. O Feyenoord, que tem pela frente o Partizan, conquistou o principal prémio do futebol europeu em 1970 e a Taça UEFA por duas vezes depois disso, enquanto o Marselha, adversário do Basileia, foi o vencedor da primeira edição da UEFA Champions League, em 1992/93.

Regra dos golos fora abolida

A chamada regra dos golos fora de casa foi abolida de todas as competições de clubes da UEFA a partir desta época. Isto significa que as eliminatórias em que as duas equipas marcam o mesmo número de golos nos dois jogos deixaram de ser decididas pelo número de golos marcados fora, mas por dois períodos de 15 minutos de prolongamento e, se necessário, pontapés de penálti.

Mourinho lidera a odisseia da Roma

Mourinho em clube exclusivo: Troféus europeus por três clubes
Mourinho em clube exclusivo: Troféus europeus por três clubes

José Mourinho, treinador da Roma, procura igualmente aumentar o número pessoal de troféus conquistados. Vencedor da UEFA Champions League com o Porto (2003/04) e o Inter (2009/10), Mourinho acrescentou a UEFA Europa League pelo Manchester United em 2016/17 e entra agora na primeira mão dos oitavos-de-final, no terreno do Vitesse, com outra taça na mira.

Como vencedora do grupo, a Roma não disputou o "play-off" da fase a eliminar, mas o avançado inglês Tammy Abraham (membro da equipa vencedora da UEFA Champions League pelo Chelsea na época passada) ocupa ainda o topo da classificação dos melhores marcadores, graças aos seis golos apontados na fase de grupos. Ola Solbakken, do Bodø/Glimt, e Gaëtan Laborde, do Rennes, estão logo a seguir com cinco. Arthur Cabral também marcou uma mão cheia de tentos na fase de grupos do Basileia, mas rumou à Fiorentina desde então. Incluindo nas pré-eliminatórias, o avançado brasileiro somou 13 golos em 12 jogos disputados na Europa Conference League.

Datas importantes

A Arena Nacional de Tirana é o palco da final
A Arena Nacional de Tirana é o palco da finalUEFA via Getty Images

Fase a eliminar
10 e 17 de Março: Oitavos-de-final
18 de Março: Sorteios dos quartos-de-final e das meias-finais
7 e 14 de Abril: Quartos-de-final
28 de Abril e 5 de Maio: Meias-finais
25 de Maio: Final (Arena Nacional, Tirana)

Fique por dentro do futebol em UEFA.tv