O "site" oficial do futebol europeu

Desilusão em Wembley

Publicado: Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007, 0.51CET
Inglaterra 2-3 Croácia
A selecção britânica ficou de fora da fase final do Europeu, mercê de um golo de Mladen Petrić.
Desilusão em Wembley
Mladen Petrić festeja o golo da vitória ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

InglaterraCroácia

Golos marcados2
 
3
Remates à baliza4
 
7
Remates para fora1
 
3
Cantos3
 
6
Faltas cometidas17
 
20
Cartões amarelos0
2
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Última actualização: 27/06/2012 14:15 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Publicado: Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007, 0.51CET

Desilusão em Wembley

Inglaterra 2-3 Croácia
A selecção britânica ficou de fora da fase final do Europeu, mercê de um golo de Mladen Petrić.

A Inglaterra disse adeus à fase final do UEFA EURO 2008™. Um remate de longa distância do suplente Mladen Petrić garantiu a vitória da Croácia, por 3-2, no Estádio de Wembley e o consequente primeiro lugar do Grupo E.

Emoções fortes
A necessitar apenas de um empate para marcar presença na fase final, a Inglaterra teve um início de jogo terrível, já que Niko Kranjčar e Ivica Olić deram dois golos de vantagem aos croatas ainda no primeiro quarto-de-hora. A selecção da casa não desistiu e reduziu a desvantagem aos 56 minutos, graças a uma grande penalidade convertida por Frank Lampard, com Peter Crouch a permitir a festa dos adeptos ingleses nove minutos depois, quando estabeleceu o empate. Parecia que a Inglaterra estava no bom caminho, mas, a 13 minutos do final, Petrić arrasou os corações dos adeptos britânicos.

Decisão errada
Scott Carson substituiu Paul Robinson na baliza inglesa, mas a decisão do seleccionador não teve os efeitos desejados, já que, aos oito minutos, Kranjčar rematou para o primeiro golo, com a bola a passar por baixo do corpo do guarda-redes. A resposta surgiu num remate de Shaun Wright-Phillips para defesa de Stipe Pletikosa, mas foram os visitantes que voltaram a marcar em cima do primeiro quarto-de-hora, num contra-ataque conduzido por Eduardo da Silva e concluído por Olić.

Resposta inglesa
Ao intervalo, o seleccionador inglês, Steve McClaren, lançou Jermain Defoe e David Beckham, que cumpriu a 99ª internacionalização, mas foi a Croácia a primeira selecção a criar perigo, com Eduardo a testar a atenção de Carson. Uma falta de Josip Šimunić sobre Defoe permitiu a Lampard reduzir a desvantagem através do castigo máximo, mas a Croácia nunca desistiu de atacar, com Carson a ser chamado a duas intervenções a remates de Olić. Aos 65 minutos, os adeptos fizeram a festa do empate, com Beckham a cruzar para Crouch que, depois de receber no peito, rematou para o fundo das redes.

Desilusão total
Já apurada, a Croácia não se mostrou satisfeita com o empate e continuou à procura do terceiro golo, que acabou mesmo por surgir aos 77 minutos. Danijel Pranjić serviu Petrić que, a 25 metros da baliza, bateu Carson pela terceira vez. Os últimos dez minutos foram de intensa pressão inglesa, mas os donos da casa não conseguiram chegar ao tão desejado golo do empate.

Última actualização: 21-11-07 23.41CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2008/matches/round=2241/match=83954/postmatch/report/index.html#desilusao+wembley