O "site" oficial do futebol europeu

Itália mais forte perante romenos com dez

Publicado: Segunda-feira, 6 de Outubro de 2003, 12.12CET
Itália 2-0 Roménia
Os remates na primeira parte de Francesco Totti e Filippo Inzaghi apuraram os "azzurri" para as meias-finais.
Itália mais forte perante romenos com dez
O italiano Francesco Totti logo após ter marcado o primeiro golo contra a Roménia ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

ItáliaRoménia

Golos marcados2
 
0
Cartões amarelos1
 
1
Cartões vermelhos0
1

Classificação

Publicado: Segunda-feira, 6 de Outubro de 2003, 12.12CET

Itália mais forte perante romenos com dez

Itália 2-0 Roménia
Os remates na primeira parte de Francesco Totti e Filippo Inzaghi apuraram os "azzurri" para as meias-finais.

A Itália chegou às meias-finais de um Campeonato da Europa pela terceira vez, com uma convincente vitória sobre uma pobre Roménia, já suficientemente prejudicada pela expulsão de Gheorghe Hagi naquele que foi, provavelmente, o último jogo pelo seu país.

A Itália marcou na primeira parte por Francesco Totti e Filippo Inzaghi, e vai agora defrontar a Holanda ou a Jugoslávia para decidir quem vai à final. A Roménia começou o jogo com três jogadores suspensos depois da fase de grupos e sem o seu líder da defesa, Gheorghe Popescu por lesão. Emeric Ienei apostou tudo no avançado do Inter de Milão Adrian Mutu para o lugar de Adrian Ilie na frente, enquanto o líder e capitão de equipa Gheorghe Hagi voltava depois de ter cumprido castigo.

As equipas começaram o jogo nervosas, mas foi a Itália que criou a primeira oportunidade quando Demetrio Albertini, Francesco Totti e Stefano Fiore combinaram bem pela esquerda, para libertarem Filippo Inzaghi, mas o seu remate de primeira foi por cima. Pela Roménia, Hagi marcou um livre que passou por cima da barra e Viorel Moldovan tentou cabecear com perigo após outro livre do seu capitão. Um centro-remate de Totti, já com pouco ângulo, foi bem parado por Bogdan Stelea.

A Roménia tinha mais posse de bola, mas os contra-ataques italianos eram perigosos e aos 27 minutos podiam ter marcado. Totti encontrou Inzaghi com espaço na direita e o seu centro encontrou o desmarcado Stefano Fiore, cujo remate à meia-volta passou alto e ao lado. Logo a seguir foi Miodrag Belodedici que desarmou Inzaghi quando este se preparava para invadir a área romena, mas quando o canto da Itália foi aliviado apenas até à entrada da área, a bola chega aos pés de Stefano Fiore que por alto fez um magnifico passe para Totti que iludindo o fora-de-jogo, dominou a bola e rematou com calma batendo Stelea, colocando a Itália na frente no marcador.

Hagi esteve à beira de marcar dois minutos depois, quando num magnifico chapéu, aproveitando o adiantamento Francesco Toldo, a bola ressaltou no poste. À medida que o jogo abria, Totti efectuou um remate em balão que passou pouco acima da barra e Galca, imenso, disparou um forte remate que passou a rasar a baliza de Toldo. Mas a dois minutos do intervalo, a defesa romena falhou no fora-de-jogo pela segunda vez. Desta vez foi Albertini que lançou a bola desde o centro do terreno, isolando Inzaghi que, ante Stelea, não falhou. De imediato Hagi respondeu, mas Toldo segurou o seu remate à entrada da área.

A esperança para a Roménia aumentou um pouco no início da segunda parte quando Paolo Maldini foi substituído por Gianluca Pessotto. A Roménia fez entrar Ioan Ganea por Moldovan e mal entrou podia ter marcado a passe de Dorinel Munteanu, mas Pessoto cortou e salvou a Itália. Aos 59 minutos, Hagi reclamou penalty por suposto derrube na área de Gianluca Zambrotta, mas o árbitro Vítor Pereira entendeu que o astro romeno simulou na área, mostrando-lhe o segundo amarelo em seis minutos, e o consequente vermelho.

Mas enquanto a ilustre carreira internacional de Hagi poderá ter tido um fim triste, a Roménia ainda não tinha desistido. Munteanu disparou por cima, um remate de Liviu Ciobotariu embateu em Zambrotta na linha de golo da Itália e logo a seguir Toldo teve que bravamente ir aos pés de Mutu. Também houve ocasiões para a Itália e, por duas vezes, Inzaghi falhou a passes de Albertini. A primeira acertou na base do poste com apenas Stelea por bater e a segunda foi muito por cima.

Última actualização: 07-02-12 13.00CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2000/matches/round=1459/match=65180/postmatch/report/index.html#italia+afunda+romenia