Meias-finais - 26-06-1996 - 20:30CET (19:30 Hora local) - Wembley - Londres
1-1
Alemanha vence 6-5 nos penalties 

Alemanha - Inglaterra 1-1 - 26-06-1996 - Página do jogo - UEFA EURO 1996

O "site" oficial do futebol europeu

Alemanha frustra Inglaterra e chega à final

Publicado: Segunda-feira, 6 de Outubro de 2003, 11.14CET
Alemanha 1-1 Inglaterra (6-5 nos penalties)
Os anfitriões adiantaram-se cedo e desperdiçaram várias oportunidades antes de serem eliminados no desempate por penalties.
Alemanha frustra Inglaterra e chega à final
Andreas Möller mostra o seu contentamento após marcar o penalty decisivo para a Alemanha ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

AlemanhaInglaterra

Golos marcados1
 
1
Remates à baliza1
 
1
Remates para fora0
1
Cantos0
 
0
Faltas cometidas0
 
0
Cartões amarelos2
 
1
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Publicado: Segunda-feira, 6 de Outubro de 2003, 11.14CET

Alemanha frustra Inglaterra e chega à final

Alemanha 1-1 Inglaterra (6-5 nos penalties)
Os anfitriões adiantaram-se cedo e desperdiçaram várias oportunidades antes de serem eliminados no desempate por penalties.

As aspirações dos anfitriões foram destruídas pela Alemanha rumo à final de um Campeonato da Europa pela segunda vez consecutiva.

A campanha da Inglaterra tinha criado uma onda de paixão e patriotismo a partir da magnífica exibição realizada na vitória por 4-1 sobre a Holanda, na fase de grupos. O optimismo diminuiu, no entanto, quando os alemães, carrascos dos ingleses na época meia-final do Mundial de 1990, voltaram a aparecer no caminho para uma grande final. A confiança renovou-se quando Alan Shearer deu vantagem à equipa de Terry Venables, logo aos três minutos, mas Stefan Kuntz restabeleceu a igualdade à passagem do quarto-de-hora.

A Inglaterra esteve muito perto de voltar a adiantar-se, mas, até ao final do tempo regulamentar e do prolongamento, nenhuma equipa conseguiu marcar, pelo que foi necessário mais um desempate por grandes penalidades. Gareth Southgate foi o vilão inglês, ao falhar a sexta tentativa dos anfitriões e abrir caminho ao penalty vitorioso de Andreas Möller, que garantiu à Alemanha a passagem à final.

Foi este o final num de um enorme cartaz e que ganhou vida logo ao segundo minuto, num lance em que Andreas Köpke defendeu de forma acrobática um remate em vólei de Paul Ince. O guarda-redes germânico foi batido 30 segundos depois, na sequência de um canto apontado por Paul Gascoigne e desviado por Tony Adams antes de chegar à cabeça de Shearer, a assinar desta forma o quinto golo no torneio.

A Alemanha respondeu aos 16 minutos, numa jogada em que Möller lançou Thomas Helmer e este cruzou para Kuntz, que não deu hipóteses a David Seaman. A Inglaterra não ficou afectada pela igualdade e lançou-se no ataque, ficando perto do golo quando Teddy Sheringham viu um golo negado em cima da linha, em mais um canto perigoso, e quando Shearer cabeceou ao lado após cruzamento de Darren Anderton.

A melhor oportunidade da segunda parte foi de Helmer, mas o jogo manteve-se empatado e tornou-se mais fechado. No prolongamento, a regra do golo de ouro pareceu acordar as equipas, especialmente a Inglaterra, nada interessada e em voltar a decidir o destino nos penalties.

Anderton acertou no poste e Gascoigne ficou a centímetros de desviar para a baliza um centro de Shearer, mas as grandes penalidades tornaram-se inevitáveis. Southgate falhou e encarnou o sofrimento inglês perante a festa germânica que arrasou com os sonhos de um país inteiro.

Última actualização: 28-09-14 3.15CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1996/matches/round=224/match=52916/postmatch/report/index.html#alemanha+frustra+anfitrioes