O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Turquia 0-3 Itália: Squadra Azzura arranca em grande estilo

A selecção italiana marcou por três vezes na segunda parte e vincou posição no jogo de abertura do EURO 2020.

Veja como a Itália iniciou da melhor forma a sua campanha no EURO 2020, com um triunfo confortável em Roma.
Resumo: Turquia 0-3 Itália

A Itália marcou por três vezes num jogo de uma fase final do EURO pela primeira vez na sua história e não deu hipóteses à Turquia no jogo de abertura do UEFA EURO 2020, em Roma.

Turquia - Itália: como tudo aconteceu, reacções


O jogo em poucas palavras

A Itália marcou posição no jogo inaugural do EURO 2020 ao somar a sua maior vitória sempre na competição, mas teve de esperar pela segunda parte para chegar ao golo, depois de uns primeiros 45 minutos em que se mostrou bastante perdulária e viu o guarda-redes da Turquia, Uğurcan Çakır, negar o golo a Giorgio Chiellini no lance de maior perigo.

O momento do autogolo de Demiral
O momento do autogolo de DemiralPOOL/AFP via Getty Images

Tudo mudou, contudo, no segundo tempo, sobretudo a partir do momento em que Berardi cruzou contra Demiral e este colocou a bola no fundo da própria baliza. Depois, Immobile, numa recarga a um primeiro remate de Spinazzola, fez o 2-0, antes de Insigne coroar uma excelente actuação dos transalpinos com o terceiro golo, ao finalizar um lance de ataque em que a bola passou por todos os homens da frente.

Melhor em Campo: Leonardo Spinazzola (Itália)

"Foi o jogador mais perigoso da Itália nos primeiros 45 minutos, com as suas investidas pelo flanco esquerdo. Manteve o ritmo na segunda parte e assinou o remate que permitiu a Immobile fazer o segundo golo, na recarga."
Esteban Cambiasso, Observador Técnico da UEFA

Reacções

Şenol Güneş, seleccionador da Turquia: "Não foi o nosso dia. Perdemos a bola com demasiada facilidade e a Itália foi melhor. Perdemos contra uma equipa que foi mais forte. Isto é um torneio e temos mais dois jogos. Agora vamos preparar-nos para o jogo com o País de Gales."

Roberto Mancini, seleccionador da Itália: "Jogámos bem. Tratando-se do primeiro jogo, não era fácil e pela frente tínhamos uma boa equipa. Os adeptos ajudaram-nos e foi crucial para nós termos conseguido movimentar a bola com rapidez."

Leonardo Bonucci, defesa da Itália: "Foi o primeiro passo daquela que, esperamos, venha a ser uma grande caminhada. O entusiasmo vai crescer, agora, mas precisamos de manter a mesma humildade. Temos de ter consciência de que lutar contra qualquer adversário se jogarmos como o fizemos esta noite."

Principais estatísticas

  • A Itália marcou mais do que dois golos num jogo no de uma fase final de um EURO pela primeira vez, naquele que foi o seu 39º jogo em fases finais.
  • A Itália somou o seu nono jogo seguido sem sofrer golos. Nesses nove jogos apontou 28 golos.
  • A "squadra azzurra" não perde há 28 jogos (V23 E5). A última derrota foi em Setembro de 2018 (contra Portugal).
  • O autogolo de Merih Demiral foi apenas o décimo golo marcado na própria baliza em fases finais do EURO.
  • A Itália ganhou todos os 12 jogos em que Immobile marcou com a camisola da sua selecção principal.
  • A Itália não sofre mais do que um golo num jogo há 31 encontros
  • A Itália segue invicta frente à Turquia, em 11 jogos ente as duas selecções (V8 E3).
  • A Turquia saiu derrotada do seu jogo de estreia em todas as cinco fases finais do EURO que disputou.
  • Foi apenas a terceira derrota da selecção turca nos seus últimos 21 jogos (V9 E9 D3).

Equipas

Turquia: Uğurcan Çakır; Zeki Çelik, Merih Demiral, Çağlar Söyüncü, Umut Meraş; Okay Yokuşlu (İrfan Can Kahveci 65), Ozan Tufan (Kaan Ayhan 64), Yusuf Yazıcı (Cengiz Ünder 46), Kenan Karaman (Halil Dervişoğlu 76), Hakan Çalhanoğlu; Burak Yılmaz

Itália: Donnarumma; Florenzi (Di Lorenzo 46), Bonucci, Chiellini, Spinazzola; Barella, Jorginho, Locatelli (Cristante 74); Berardi (Bernardeschi 85), Immobile (Belotti 81), Insigne (Chiesa 81)

O que se segue?

Turquia - País de Gales – Quarta-feira, 16 de Junho, Baku
Itália - Suíça – Quarta-feira, 16 de Junho, Roma