O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Ucrânia - Áustria: retrospectiva do UEFA EURO 2020, factos e estatísticas

Ucrânia e Áustria terminam a campanha no Grupo C em Bucareste com o seu primeiro confronto oficial.

A Ucrânia celebra o golo tardio que lhe valeu a vitória ante a Áustria em Lviv, em 2011
A Ucrânia celebra o golo tardio que lhe valeu a vitória ante a Áustria em Lviv, em 2011 Getty Images

A última jornada do Grupo C vai ter um encontro entre dois países que recentemente co-organizaram o EURO, por ocasião do jogo entre a Ucrânia e a Áustria, na Arena Nacional, em Bucareste.

• A Áustria co-organizou o UEFA EURO 2008 com a Suíça e teve a primeira participação num Campeonato da Europa da UEFA; quatro anos depois, a Ucrânia estreou-se no EURO como co-anfitriã com a Polónia.

• Ambas as equipas têm três pontos no grupo e estão a três dos Países Baixos, confirmados como vencedores do Grupo C. A Ucrânia recuperou de uma derrota inicial por 3-2 frente aos holandeses, em Amesterdão, e derrotou a estreante Macedónia do Norte, por 2-1, em Bucareste, na segunda jornada, com Andriy Yarmolenko e Roman Yaremchuk a marcarem em ambos os jogos. A Áustria venceu a Macedónia do Norte em Bucareste, naquela que foi a sua primeira vitória numa fase final do EURO, antes de perder por 2-0 contra os holandeses, em Amesterdão.

• Isto significa que a Ucrânia terminará em segundo no grupo com uma vitória ou empate, enquanto a Áustria tem de ganhar para terminar em segundo.

Confrontos anteriores

• Este é apenas o terceiro encontro entre as duas equipas e o primeiro oficial.

• Os únicos jogos anteriores entre os dois países foram encontros particulares na época 2011/12, com ambos a serem decididos nos segundos finais.

• A Ucrânia venceu o primeiro por 2-1, no Arena Lviv, a 15 de Novembro de 2011. Artem Milevskiy inaugurou o marcador aos 18 minutos, Oleksandr Kucher empatou a 19 minutos do final, mas a última palavra pertenceu a Marko Dević, aos 90 minutos.

• A 1 de Junho do ano seguinte - no penúltimo encontro de preparação da Ucrânia para o UEFA EURO 2012 - a Áustria ganhou por 3-2 em Innsbruck. Zlatko Junuzović deu vantagem à equipa da casa no Tivoli Stadion, Oleh Gusev empatou aos 56 minutos, o primeiro de três golos em apenas dez minutos. O ucraniano bisou aos 65 minutos, isto depois de Marko Arnautović ter recolocado a Áustria em vantagem. Arnautović decidiu o vencedor do encontro a um minuto do final.

Factos do EURO: Ucrânia

• A Ucrânia só se estreou na fase final de um Campeonato da Europa da UEFA quando co-organizou a edição de 2012 com a Polónia, esta será a terceira participação consecutiva da Ucrânia em fases finais.

• Antes de vencer a Macedónia do Norte na segunda jornada, a Ucrânia tinha sido derrotada em seis dos sete jogos disputados no EURO. Este foi o primeiro triunfo na fase final desde o 2-1 sobre a Suécia no primeiro jogo no seu UEFA EURO 2012. Shevchenko, que agora é o seleccionador, marcou os dois golos em Kiev, os únicos da Ucrânia em fases finais do EURO antes deste torneio.

• A equipa treinada por Mykhailo Fomenko terminou no último lugar do Grupo C no UEFA EURO 2016, tendo sido derrotada pela Alemanha, Irlanda do Norte (ambos por 0-2) e também pela Polónia (0-1).

• A equipa de Shevchenko terminou no primeiro lugar do Grupo B na qualificação para o UEFA EURO 2020, com 20 pontos em oito jogos, mais três que Portugal, o detentor do título.

Todos os golos da Ucrânia a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Ucrânia a caminho do EURO 2020

• A Ucrânia terminou a qualificação imbatível, somando seis vitórias e dois empates. Foi uma das cinco selecções que não perderam um único jogo no apuramento para o UEFA EURO 2020, a par de Bélgica, Itália - que venceram todos os jogos - Espanha e Dinamarca.

• É a primeira vez que a Ucrânia se qualifica directamente para um EURO; depois de ser co-anfitriã do 2012, levou a melhor sobre a Eslovénia no “play-off" para se qualificar em 2016.

• A Ucrânia nunca tinha jogado em Bucareste antes de bater a Macedónia do Norte na segunda jornada. Na realidade, esta será apenas a terceira vez que joga na Roménia, tendo a primeira sido numa derrota por 4-1 com a equipa da casa num encontro particular disputado no Stadionul Gheorghe Hagi, em Constança, a 27 de Março de 2002.

Factos do EURO: Áustria

• Esta é a terceira participação da Áustria em fases finais do EURO nos últimos 12 anos. Foi co-anfitriã do UEFA EURO 2008, mas não conseguiu vencer nenhum dos três jogos, tendo-se qualificado pela primeira vez no UEFA EURO 2016, mas voltou a ser eliminada sem qualquer vitória.

• O registo da Áustria em fases finais do EURO é agora de 1V 2E 5D 5GM 10GS.

• No UEFA EURO 2016, a Áustria terminou no último lugar do Grupo F, tendo sido batida por Hungria (0-2) e Islândia (1-2) e, pelo meio, impôs um nulo a Portugal, que viria a conquistar o título.

• A maior proeza da Áustria foi a conquista do terceiro lugar no Campeonato do Mundo de 1954 na vizinha Suíça. Os austríacos não se qualificam para a fase final de um Mundial desde 1998, quando a prova decorreu em França.

• O triunfo sobre a Macedónia do Norte, na primeira jornada, foi o primeiro da fase final de um grande torneio desde que bateu os Estados Unidos, por 2-1, na fase de grupos do Campeonato do Mundo de 1990.

• A equipa de Franco Foda garantiu um lugar no UEFA EURO 2020 depois de ser segunda classificada no Grupo G, atrás da Polónia, com seis vitórias nos dez jogos da qualificação (1E 3D). Os austríacos perderam os dois primeiros jogos e, com o apuramento já garantido, também o último, por 1-0, na Letónia.

Todos os golos da Áustria a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Áustria a caminho do EURO 2020

• A vitória contra a Macedónia do Norte na primeira jornada significa que o registo da Áustria em Bucareste é de 1V 1E 1D. Perdeu por 4-0 com a Roménia na fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 1988, antes de empatar 1-1 com o mesmo rival no apuramento para o Campeonato do Mundo de 2010. Ambos os jogos foram disputados no Stadionul Steaua, sendo este o seu segundo encontro na Arena Nacional.

• Tendo empatado 1-1 num encontro particular realizado em 1972 em Craiova, o seu primeiro jogo na Roménia, a Áustria interrompeu a série sem vencer no país ao derrotar os anfitriões, por 1-0, em Ploieştitendo, a 14 de Outubro de 2020.

Ligações e curiosidades

• Jogou na Ucrânia:
Aleksandar Dragović (Dínamo Kiev 2013–16)

• Jogaram juntos:
Serhiy Sydorchuk, Yevhen Makarenko, Andriy Yarmolenko e Aleksandar Dragović (Dínamo Kiev 2013–16)

Roman Bezus e Aleksandar Dragović (Dínamo Kiev 2013–14)

Artem Besedin, Roman Yaremchuk, Viktor Tsygankov e Aleksandar Dragović (Dínamo Kiev 2016)

Andriy Yarmolenko e Marko Arnautović (West Ham 2018/19)

• Stefan Lainer fez uma assistência na vitória do Mönchengladbach, por 6-0, sobre o Shakhtar na fase de grupos da UEFA Champions League, a 3 de Novembro de 2020; Anatoli Trubin, Marlos e o suplete Taras Stepanenko jogaram pela equipa da casa em Kiev, com Valentino Lazaro a entrar pelo Gladbach.

• Yarmolenko marcou pelo Dínamo Kiev num empate por 2-2 no reduto do Rapid Viena na fase de grupos da UEFA Europa League de 2013/14.

• Marlos marcou nos dois jogos e ajudou o Shakhtar Donetsk a eliminar o Rapid, com um total de 3-2, no "play-off" da UEFA Champions League de 2015/16.

• Marlos também marcou no triunfo do Metalist Kharkiv, por 4-1, sobre o Salzburgo na segunda mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League de 2011/12, com Martin Hinteregger a fazer um auto-golo; Marlos fez uma assistência na goleada do Metalist por 4-0 na primeira mão.

• David Alaba fez uma assistência no triunfo do Bayern, por 7-0, sobre o Shakhtar, que contou com Andriy Pyatov, Taras Stepanenko e Serhiy Kryvtsov, na segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2014/15.

• Um golo de Hinteregger ajudou o Eintracht Frankfurt a empatar 2-2 com o Shakhtar em Kharkiv na primeira mão dos 16 avos-de-final da Europa League de 2018/19.

• Florian Grillitsch marcou na vitória do Hoffenheim, por 4-1, fora de casa, frente a um Gent com Roman Yaremchuk e Roman Bezus, na segunda jornada da UEFA Europa League de 2020/21. Stefan Posch e o suplente Christoph Baumgartner também jogaram pelos visitantes.