O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Artista Silva lidera hegemonia espanhola

David Silva ultrapassou os colegas espanhóis Gerard Piqué e Xavi Hernández para vencer o Índice Castrol EDGE, com os campeões a baterem a Irlanda em Gdansk.

Artista Silva lidera hegemonia espanhola
Artista Silva lidera hegemonia espanhola ©Sportsfile

A Espanha mostrou classe em todas as posições do campo, à medida que dominou a República da Irlanda do princípio ao fim, na vitória por 4-0 em jogo do Grupo C, em Gdansk. Não surpreende por isso que a "la roja" tenha monopolizado o Índice Castrol EDGE deste jogo, ocupando os cinco lugares.

Estranhamente discreto no empate com a Itália, o criativo do Manchester City FC, David Silva, foi a estrela mais brilhante na constelação espanhola. O habilidoso jogador, de 26 anos, esteve directamente envolvido em três dos quatro golos da sua equipa, terminando o jogo com uma pontuação de 9.55 no Índice – a quarta mais alta do torneio até ao momento. 

Depois de Fernando Torres ter colocado a equipa de Vicente del Bosque a vencer, logo aos quatro minutos, Silva foi instrumental na consolidação do triunfo. Aos 49 minutos, aumentou a vantagem da Espanha, com uma finalização simples, após uma defesa incompleta de Shay Given. Depois, o seu passe isolou Torres, para o avançado fazer o seu segundo golo, antes de Silva mostrar sentido posicional na sequência de um canto, colocando a bola em Cesc Fàbregas para este fazer o quarto.

Com apenas 0,1 pontos a separarem os dois primeiros classificados, Gerard Piqué falhou a liderança por pouco, no seguimento do seu bom desempenho defensivo, boa capacidade de passe e ameaça ofensiva. A impressionante percentagem de passes completos e capacidade de remate de Xavi Hernández permitiram-lhe terminar no terceiro lugar.

Índice Castrol EDGE: Espanha - República da Irlanda
1. David Silva (ESP) 9,55
2. Gerard Piqué (ESP) 9,54
3. Xavi Hernández (ESP) 9,51
4. Fernando Torres (ESP) 9,43
5. Andrés Iniesta (ESP) 9,21

Factos-chave
2 – Xavi quebrou dois recorde em fases finais do EURO esta noite, tentando (136) e completando (127) passes num único jogo.

1 – David Silva é o primeiro jogador a participar em três tentos durante um único jogo do UEFA EURO 2012 (um golo, duas assistências).

30 – Fernando Torres já marcou 30 golos pela Espanha.

5 – A Irlanda sofreu um golo nos primeiros cinco minutos de cada parte dos dois jogos disputados no UEFA EURO 2012.

20 – Dos 26 remates efectuados pela Espanha, 20 foram enquadrados com a baliza da Irlanda.

Opinião do jogador
David Silva:
"Foi um jogo difícil no início. Fiz uma finta no meu golo, e foi muito boa. Após o jogo de Itália foram ditas muitas coisas pelo que este foi um bom resultado para nós."