O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Inglaterra com "base" para o sucesso

O capitão Steven Gerrard foi o espelho da satisfação da selecção de Inglaterra após o empate 1-1 com a França na estreia no Grupo D, explicando que o resultado é uma "base" de partida.

Os ingleses comemoram o golo de Joleon Lescott
Os ingleses comemoram o golo de Joleon Lescott ©Getty Images

O capitão Steven Gerrard foi o espelho da satisfação da selecção de Inglaterra, depois o empate a um golo com a França na estreia no Grupo D, explicando que é o resultado uma "base" de partida para a equipa de Roy Hodgson. Scott Parker usou as mesmas palavras ao fazer o balanço do terceiro jogo sob o comando do novo seleccionador, mas também prometeu uma Inglaterra mais ofensiva nos próximos desafios.

Steven Gerrard, médio de Inglaterra
A França tem jogadores fantásticos e penso que lhes causámos tantos problemas como eles a nós, por isso estamos satisfeitos com a exibição. Tinha dito antes do jogo que, independentemente do resultado, não iríamos entrar em euforia, seria apenas uma base. É óptimo somar o primeiro ponto, agora temos apenas de dar continuidade e terminar a segunda jornada com quatro pontos.

O Wayne Rooney mostrou há alguns anos que o que interessa é a qualidade, e não a idade, e esta noite o Alex Oxlade-Chamberlain mostrou, aos 18 anos, que tem qualidade para jogar a este nível. Ainda tem muito a aprender mas, ao estar ao lado de jogadores mais experientes, não vai ter dificuldades em faze-lo rapidamente.

Scott Parker, médio de Inglaterra
Estamos agradados com este ponto. Foi um desafio difícil, em condições complicadas devido à temperatura, um jogo bastante lento frente a uma selecção francesa de grande qualidade. Tivemos uma boa oportunidade na primeira parte, através do James Milner, e depois conseguimos fazer o 1-0 mas, como já disse, estamos satisfeitos com este empate, que é uma boa base para continuar a lutar pelo apuramento. Espero que nos próximos dois jogos a nossa equipa possa ser um pouco mais atacante.

Joe Hart, guarda-redes de Inglaterra
O Samir Nasri é um jogador inteligente, nós baixámos um pouco. Foi um bom golo e temos de nos concentrar na boa exibição. Podem questionar tudo o que quiserem nesta equipa, mas vamos sempre oferecer crença, orgulho e qualidade. As pessoas esquecem que somos a Inglaterra e temos uma boa equipa. Considero que nos primeiros 25 minutos os franceses não estavam preparados para nós.