O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Velasco Carballo: "Devemos desfrutar e divertir-nos"

Carlos Velasco Carballo vai tornar-se no 13º árbitro a dirigir o jogo inaugural de um Europeu, esta sexta-feira, e revela ao UEFA.com que está determinado a desfrutar o momento.

Velasco Carballo: "Devemos desfrutar e divertir-nos"
Velasco Carballo: "Devemos desfrutar e divertir-nos" ©UEFA.com

O espanhol Carlos Velasco Carballo não é alheio a grandes ocasiões após ter arbitrado a final da edição 2011 da UEFA Europa League, mas ser escolhido para dirigir o jogo inaugural de um Campeonato da Europa é, sem dúvida, uma honra enorme. Apenas 12 árbitros tinham tido esse prazer anteriormente, e o juiz de 41 anos disse ao UEFA.com que está confiante de que o número 13 não vai representar azar quando a Polónia defrontar a Grécia, na sexta-feira. De facto, espera passar despercebido.

UEFA.com: Qual a sensação de dirigir o jogo inaugural do UEFA EURO 2012?

Carlos Velasco Carballo: Acima de tudo é fonte de grande felicidade e honra ter a oportunidade de arbitrar um jogo tão importante e especial. Depois de 25 anos de arbitragem e treino – todos os jogos, todos os estádios em que estive, começando nos escalões jovens e nas divisões secundárias – ter feito todo este caminho até uma ocasião importante como esta é simplesmente fantástico.

UEFA.com: É conhecido como um grande analista de equipas e jogadores. Qual a importância de conhecer a táctica de cada equipa?

Velasco Carballo: Penso que a arbitragem profissional evoluiu bastante nos últimos anos, em relação aos aspectos físicos, psicológicos, técnicos e consistência. Penso que temos de continuar nesse caminho e concentrarmo-nos no desenvolvimento técnico do futebol em si, já que, sem dúvida, as tácticas afectam o nosso trabalho. Os árbitros profissionais da actualidade e do futuro devem conhecer tudo isso.

UEFA.com: O que vai dizer aos seus auxiliares antes do jogo? Que conselho lhes vai dar?

Velasco Carballo: Durante as últimas horas vou tentar transmitir-lhes a ideia de que devem "desfrutar da ocasião e divertirem-se", porque em jogos como este não é preciso preocuparmo-nos com motivação e concentração; o jogo encarrega-se disso. É mais importante libertar a pressão e a tensão, assegurar que há uma vibração positiva no grupo. As conversas nos dias que antecedem o jogo têm sido mais técnicas, por isso não precisamos de nos preocupar.

UEFA.com: Como é que se prepara para os jogos?

Velasco Carballo: Não sou uma pessoa assim tão moderna. Não gosto de ter música no balneário – faço parte dessa minoria que não gosta. Prefiro falar e comunicar com os meus colegas, dizer piadas e manter-me relaxado. Sou uma pessoa muito calma, e um jogo grande como o de sexta-feira não me afecta assim tanto.

UEFA.com: Quais são os seus objectivos para o UEFA EURO 2012?

Velasco Carballo: Para mim, estar aqui é um sonho tornado realidade, e agora o meu objectivo é corresponder às expectativas, certificar-me, tal como os meus colegas árbitros, de que o futebol é o principal coisa. É essa a nossa ambição, a de que no final do torneio só se fale de futebol.

As equipas de arbitragem completas para os primeiros quatro jogos podem ser encontradas aqui.