O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Lippi sai em alta

Marcello Lippi decidiu não comandar a Itália, recentemente coroada campeã mundial, na fase de qualificação para o UEFA EURO 2008™.

Marcello Lippi decidiu não comandar a Itália, recentemente coroada campeã mundial, na fase de qualificação para o UEFA EURO 2008™.

"Experiência extraordinária"
O treinador, de 58 anos, reuniu-se com o Giancarlo Abete, vice-presidente da Federação Italiana de Futebol, antes de anunciar a decisão de demitir-se do cargo de seleccionador transalpino: "Depois de uma experiência extraordinária, tanto a nível pessoal como profissional, na liderança de um grupo excepcional de jogadores e coadjuvado por elementos de elevada competência técnica, é chegado ao fim o meu tempo à frente da selecção da Itália. Por isso, informei a Federação que desejo renunciar".

Líder há dois anos
Lippi assumiu o comando da "squadra azzurra" após o UEFA EURO 2004™, em Julho de 2004, substituindo no cargo o compatriota Giovanni Trapattoni, tendo levado a Itália, no passado domingo, à conquista do quarto título mundial, ao vencer a França, por 5-3, no desempate por grandes penalidades, depois de um empate a uma bola no final do tempo regulamentar e do prolongamento.