O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Geórgia vence em Gibraltar

Gibraltar 0-3 Geórgia
Golos de Nikoloz Gelashvili, Tornike Okriashvili e Jaba Kankava na etapa inicial deram aos visitantes o primeiro triunfo no Grupo D.

Highlights: Gibraltar v Georgia

Nikoloz Gelashvili (9) e Tornike Okriashvili (19) abrem caminho ao triunfo antes do intervalo
Capitão Jaba Kankava (69) fecha o triunfo da Geórgia
Visitantes somam os primeiros pontos no Grupo D
Gibraltar continua à procura do primeiro ponto e do primeiro golo
Próximos jogos: Alemanha - Gibraltar, Geórgia - Polónia (14 de Novembro)

A Geórgia somou a primeira vitória na fase de qualificação do UEFA EURO 2016 ao bater Gibraltar sem problemas no Estádio Algarve, em Faro.

Com duas derrotas em dois jogos, a Geórgia necessitava de entrar bem no encontro e foi o que aconteceu. Estavam decorridos apenas dez minutos de jogo quando Giorgi Chanturia, com um passe a rasgar a defesa da casa, isolou Nikoloz Gelashvili, que não perdoou e bateu Jamie Robba pela primeira vez.

Gibraltar, que tinha sofrido sete golos frente a Polónia e República da Irlanda, tentou responder. Ryan Casciaro viu o seu cabeceamento travado por Ucha Lobzhanidze e, logo depois, Giorgi Loria teve de se aplicar para defender um disparo de Liam Walker.

Dois minutos mais tarde, contudo, os visitantes chegaram ao 2-0. Jano Ananidze serviu Tornike Okriashvili e este, com tempo e espaço para pensar, levou a melhor no duelo com Robba. O cenário podia ter ficado ainda mais negro para Gibraltar antes do intervalo, mas um remate de Chanturia embateu na trave depois de sofrer um desvio, antes de Robba brilhar e, com as pernas, negar o golo a Gelashvili.

Gibraltar recusava baixar a cabeça e Lee Casciaro obrigou Loria a aplicar-se, logo no arranque do segundo tempo, mas a Geórgia chegou mesmo ao terceiro golo, a meio do segundo tempo. Chanturia simulou para deixar passar um passe de Solomon Kverkvelia, e a bola chegou até aos pés de Jaba Kankava, que não teve problemas para selar o triunfo da Geórgia.