Porto 3-1 Roma: Dragão de gala sela apuramento

Uma grande penalidade marcada por Alex Telles frente à Roma, perto do fim do prolongamento, valeu ao Porto o brilhante apuramento para os quartos-de-final.

Tudo o que precisa saber em 60 segundos...

O Porto entrou de forma avassaladora e o intenso domínio dos "dragões" foi devidamente recompensado aos 26 minutos, quando Marega entregou de bandeja o golo a Tiquinho Soares, que apenas teve de empurrar para o fundo da baliza romana. Os visitantes, que até então se tinham revelado inócuos em termos ofensivos, lograram empatar por Daniele De Rossi 11 minutos volvidos, na conversão de um penalty cometido por Éder Militão. O campeão nacional voltou a entrar forte no reatamento e fez o 2-1 aos 52 minutos pelo inevitável Marega, mas o jogo acabou mesmo por ir para prolongamento. O momento decisivo chegou aos 117 minutos: Florenzi puxou Fernando na grande área e Alex Telles não perdoou no consequente castigo máximo e semou um triunfo histórico!

Opinião do repórter: Nuno Tavares

O Porto mostrou ser superior a esta equipa da Roma ao longo das duas mãos da eliminatória, especialmente na partida desta noite, em que o seu domínio se revelou quase sempre sufocante. O prolongamento foi mesmo um castigo demasiado duro para os "azuis-e-brancos", mas a frieza de Alex Telles na hora da verdade fez justiça.

Melhor em campo: Moussa Marega (Porto)

O avançado do Mali foi incansável durante todo o encontro e deu a marcar o primeiro golo portista antes de apontar o segundo tento dos "dragões". No entanto, o seu rendimento transcendeu e muito os momentos dos golos, colocando a cabeça em água aos defesas romanos mercê do seu poderio físico. Uma exibição para mais tarde recordar.

Estatísticas-chave

  • O golo inaugural de Soares foi o seu primeiro na UEFA Champions League desde 6 de Dezembro de 2017, e apenas o seu segundo nos sete jogos da competição que já disputou.

  • O Porto marcou primeiro nos quatro jogos em casa que realizou esta temporada na UEFA Champions League.

  • Marega já vai em seis jogos consecutivos da UEFA Champions League sempre a marcar.

  • Marega ainda não tinha conseguido marcar nas competições da UEFA antes desta época – tem agora seis golos em 15 encontros europeus.

  • Esta foi a 29ª eliminatória da UEFA Champions League que foi para prolongamento; 13 desses embates foram decididos nos 30 minutos suplementares.

O que significa?

O Porto segue para os quartos-de-final da UEFA Champions League pela primeira vez desde 2015, quando perderam frente ao Bayern por um total  de 7-4. Os "dragões" estarão, certamente, confiantes que poderão fazer melhor desta feita, especialmente tendo em conta que venceram os quatro jogos em casa que disputaram na prova. As outras equipas presentes no sorteio de 15 de Março (11h00) terão certamente isso em mente...

O que se segue?

O Porto vai ter um calendário apertado antes da primeira mão dos quartos-de-final (9 ou 10 de Abril): a equipa comandada por Sérgio Conceição visita o reduto do Feirense no domingo e recebe depois o Marítimo antes da pausa para os compromissos das selecções. O campeão nacional terá, de seguida, pela frente um duplo embate fora ante o Braga (campeonato e meias-finais da Taça de Portugal), antes de medir forças com o Boavista em casa.

Topo