Porto e Sevilha apurados, Dortmund estraga planos do Real Madrid

Porto e Sevilha asseguraram os dois últimos lugares nos oitavos-de-final, enquanto o Dortmund marcou um golo ao cair do pano e negou o primeiro lugar ao Real Madrid.

©Getty Images

Apurados como vencedores do grupo: Arsenal (Grupo A), Nápoles (B), Barcelona (C), Atlético (D), Mónaco (E), Dortmund (F), Leicester (G), Juventus (H)

Apurados como segundos classificados: Paris (A), Benfica (B), Manchester City (C), Bayern (D), Leverkusen (E), Real Madrid (F), Porto (G), Sevilha (H)

Transitam para os 16-avos de final da UEFA Europa League: Ludogorets (A), Beşiktaş (B), Mönchengladbach (C), Rostov (D), Tottenham (E), Légia (F), Copenhaga (G), Lyon (H)

Harry Kane struck for Spurs
Harry Kane struck for Spurs©Getty Images

Grupo E
Tottenham 3-1 CSKA Moscovo
Os Spurs só precisavam de evitar a derrota para assegurar o terceiro lugar, mas golos de Dele Alli e Harry Kane, bem como um auto-golo de Igor Akinfeev, levaram a que o conseguissem com a sua segunda vitória nesta fase de grupos – a outra foi em Setembro, em Moscovo.

Leverkusen 3-0 Mónaco
O Mónaco já tinha ganho o grupo, mas Vladlen Yurchenko e Julian Brandt estrearam-se a marcar na UEFA Champions League para assegurar que o Leverkusen terminava a fase de grupos em alta.

Grupo F
Real Madrid 2-2 Dortmund

Vindo do banco, Marco Reus marcou o golo da igualdade aos 88 minutos, acabando com as aspirações do Real ao 1.º lugar, depois de ter tido dois golos de vantagem. Karim Benzema bisou e elevou a sua contabilidade pessoal na UEFA Champions League para 50 golos.

Légia 1-0 Sporting
O golo de Guilherme à meia-hora deu ao Legia aquilo de que o clube precisava para ultrapassar o Sporting na luta pelo terceiro lugar.

Yacine Brahimi was among Porto's scorers
Yacine Brahimi was among Porto's scorers©Getty Images

Grupo G
Porto 5-0 Leicester

O Porto precisava de ganhar para se apurar e fê-lo com estilo. André Silva marcou o seu terceiro e quarto golos na fase de grupos, contribuindo para infligir ao Leicester a sua mais pesada derrota europeia de sempre.

Club Brugge 0-2 Copenhaga
O Copenhaga fez o que tinha de fazer – um autogolo de Brandon Mechele e um tento de Mathias Jørgensen valeram-lhe os três pontos –, mas teve de se contentar com o terceiro lugar.

Grupo H
Lyon 0-0 Sevilha
O Sevilha não conseguiu furar a defesa do Lyon, mas só precisava do empate para passar como segundo classificado.

Juventus 2-0 Dínamo Zagreb
Gonzalo Higuaín e Daniele Rugani marcaram na vitória que a Juve precisava de ter para estar tranquila de que terminava no topo; o Dinamo terminou a campanha sem pontuar.

Topo