Mourinho garante Chelsea preparado para teste com o Dínamo

José Mourinho afirma que o Chelsea fez o trabalho de casa antes da visita ao Dínamo Kiev, para assim voltar aos bons resultados no Grupo G depois da derrota frente ao Porto.

José Mourinho à conversa com os jornalistas na véspera do embate do Chelsea com o Dínamo Kiev
José Mourinho à conversa com os jornalistas na véspera do embate do Chelsea com o Dínamo Kiev ©AFP/Getty Images
  • José Mourinho determinado em recolocar o Chelsea no bom caminho, depois da derrota frente ao Porto
  • Técnico português diz que a equipa preparou bem a visita ao Dínamo Kiev
  • Anfitriões seguem com mais um porto do que o Chelsea no Grupo G antes do duplo embate com os londrinos
  • Dínamo derrotado por 3-0 pelo arqui-rival Shakhtar no fim-de-semana
  • Serhiy Rebrov, treinador do Dínamo e antigo avançado do Tottenham, espera aproveitar problemas recentes do Chelsea

Equipas prováveis
Dínamo Kiev: Shovkovskiy; Danilo Silva, Dragovic, Khacheridi, Antunes; Veloso, Sydorchuk, Garmash, González, Yarmolenko; Júnior Moraes.
Em dúvida: Rybalka (coxa)

Chelsea: Begović; Azpilicueta, Terry, Cahill, Baba; Matić, Ramires; Willian, Fàbregas, Hazard; Costa.
De fora: Ivanović (tendão da coxa), Courtois (joelho)

Serhiy Rebrov, treinador do Dínamo
Espero que os meus jogadores tenham recuperado mentalmente da derrota frente ao Shakhtar. Fico feliz por não termos tido muito tempo para pensar nisso: tivemos de virar de imediato a atenção para outro jogo muito importante e não consigo pensar em nada que pudesse motivar mais os meus jogadores do que enfrentar o Chelsea num jogo da Champions League em Kiev.

Vamos procurar apresentar um nível de intensidade semelhante ao que se vê na Premier League. Em Inglaterra, quando se está em campo não se tem mais do que dois ou três segundos para pensar. O Chelsea está habituado a isso. Estudámos a forma de jogar do Chelsea e confirmámos que eles têm muitas qualidades. Mas têm passado por alguns problemas e queremos tirar partido disso.

José Mourinho, treinador do Chelsea
O mais importante para mim, neste momento, é inverter a nossa série de resultados. Precisamos de começar a somar vitórias tanto na Premier League como na Champions League. Precisamos de somar pontos aqui para seguirmos para a próxima fase. Sim, começámos a temporada abaixo das expectativas, sofremos demasiadas derrotas, mas espero que venhamos a melhorar em termos de resultados e exibições. Não pensamos na distância que nos separa do topo. Queremos, simplesmente, vencer o próximo jogo.

Assisti em vídeo à derrota do Dínamo frente ao Shakhtar Donetsk [3-0, na sexta-feira] e enviei um dos meus adjuntos para assistir ao jogo ao vivo. Analisámos também os encontros do Dínamo com o Porto e o Maccabi, por isso temos toda a informação de que necessitamos. Não posso comparar o Dínamo com nenhuma equipa da Premier League, pois trata-se de uma cultura futebolística totalmente diferente.

Resultados do fim-de-semana
Dynamo Kyiv 0-3 Shakhtar Donetsk (Marlos 40, Alex Teixeira 59, 67)
O Shakhtar ditou, sexta-feira, o fim da série de 38 jogos sem perder do Dínamo na Liga ucraniana. Os campeões em título tinham vencido os quatro anteriores jogos disputados em casa sem sofrerem um único golo, mas viram-se devastados pelos pupilos de Mircea Lucescu. Marlos infligiu o primeiro golpe ao Dínamo à passagem do minuto 40 e Alex Teixeira bisou, depois, no segundo tempo, chegando aos 16 golos na prova esta temporada e selando uma vitória categórica dos homens de Donetsk. Com o triunfo, o Shakhtar igualou o Dínamo no topo da tabela.

Chelsea 2-0 Aston Villa (Diego Costa 34, Hutton ag 54)
A formação londrina subiu ao 11º posto da Premier League ao bater um Villa que se encontra em grandes dificuldades nessa competição. Willian assistiu Diego Costa para o primeiro golo da partida, aos 34 minutos, antes de Alan Hutton desviar para o fundo da própria baliza um remate do avançado internacional espanhol, no arranque do segundo tempo.

Guia de forma (conjunto de todas as competições, resultados mais recentes primeiro)
Dínamo Kiev: DVVVVV
Chelsea: VDDEVV

Opinião do repórter: Igor Linnyk
A formação de Rebrov sofre uma pesada derrota na recepção ao Shakhtar na passada sexta-feira, vendo assim chegar ao fim uma série de 38 jogos consecutivos sem perder na Liga ucraniana. As duas equipas seguem agora com o mesmo número de pontos no topo da prova e o Dínamo, depois de uma das suas piores exibições dos últimos tempos, terá de mostrar capacidade de reacção. Irá ser capaz de o fazer, ou um resultado como esse revelar-se-á demasiado duro para ser tão rapidamente superado? A visita do Chelsea, porém, constitui de facto a oportunidade perfeita para a equipa mostrar o seu carácter.

Sabia que? 
O Dínamo perdeu apenas um dos dez últimos jogos que disputou no seu estádio para as provas europeias de clubes, tendo nessas partidas somado sete triunfos. Fique a saber este e outros factos na nossa extensa retrospectiva do encontro (em inglês).

Topo