O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão da Champions League: o que esperar esta quarta-feira

Kylian Mbappé e Lionel Messi, além de Liverpool e Leipzig, entram em campo esta quarta-feira na segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League.

O Barcelona tem uma desvantagem de três golos para virar contra o Paris
O Barcelona tem uma desvantagem de três golos para virar contra o Paris UEFA via Getty Images

O Barcelona espera conseguir mais uma reviravolta memorável, enquanto o Liverpool quer selar o apuramento contra o Leipzig, esta quarta-feira, nos jogos da segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League.

Ganhe prémios com o Fantasy Football

Segunda mão dos oitavos-de-final

Terça-feira, 9 de Março
Juventus 3-2 Porto (total: 4-4, Porto vence devido aos golos fora)

Dortmund 2-2 Sevilha (total: 5-4)

Quarta-feira, 10 de Março
Liverpool - Leipzig

Paris - Barcelona

Paris perto de quebrar maldição do Barcelona

O Barcelona tem uma montanha para escalar esta quarta-feira. A exibição inspirada Kylian Mbappé na primeira mão, na qual fez um "hat-trick" que ajudou o Paris a vencer por 4-1 em Camp Nou, deixou a equipa de Ronald Koeman a precisar de fazer o que só foi feito antes em três ocasiões: virar uma eliminatória pós uma derrota por três golos na primeira mão.

Veja a história reviravolta do Barcelona

Noutra outra ocasião – quem não se lembra? –, a vitória foi conseguida após ter perdido por 4-0 e as memórias da "Remontada" frente ao Paris, nesta fase da prova em 2016/17, dão alguma esperança ao Barcelona, embora seja importante recordar que a recuperação dessa enorme desvantagem se seu em casa.

Liverpool fragilizado aguarda pelo Leipzig

Resumo: Leipzig 0-2 Liverpool
Resumo: Leipzig 0-2 Liverpool

O triunfo na primeira mão graças aos golos de Mohamed Salah e Sadio Mané foi um bálsamo para o Liverpool. "Precisávamos de um jogo como este", desabafou Jürgen Klopp, técnico dos "reds". No entanto, o Liverpool continua algo vulnerável e o homólogo e compatriota alemão Julian Nagelsmann sabe bem disso. "Precisamos de marcar dois golos para, pelo menos, chegarmos ao prolongamento", disse. "Mas começa de novo do 0-0 e mostrámos [na primeira mão] que temos capacidade. Sabemos que podemos lutar de igual para igual."