UEFA Champions League 2018/19: pagamentos aos clubes participantes

A UEFA divulgou a distribuição detalhada de receitas da principal competição de clubes do futebol europeu em 2018/19.

UEFA Champions League 2018/19: pagamentos aos clubes participantes
UEFA Champions League 2018/19: pagamentos aos clubes participantes ©Getty Images

Os participantes na fase de grupos da UEFA Champions League 2018/19, os clubes eliminados e as equipas que participaram na Supertaça Europeia da UEFA partilharam mais de €1,976 mil milhões em pagamentos por parte da UEFA - em comparação com os €1,412 mil milhões de 2017/18.

O aumento reflecte a distribuição de provisões implementadas para o novo ciclo comercial de 2018-21 na principal competição de clubes do futebol europeu.

UEFA Champions League 2018/19: pagamentos aos clubes participantes (em inglês)

Como foram distribuídas as receitas da Champions League

A receita das competições de clubes foi centralizada num único pote, com o valor líquido disponível para os clubes participantes a ser depois dividido em quatro partes:

• 25% alocados à cabeça para as equipas que participam na fase de grupos e para as equipas eliminadas no "play-off": €502 milhões
• 30% alocados a valores fixos relacionados com desempenho: €597,9 milhões
• 30% distribuídos com base no coeficiente de clube a 10 anos: €585 milhões
• 15% alocados a valores variáveis (quota de mercado): €292 milhões

Foi garantido a todos os clubes um pagamento mínimo de €14,5 milhões (comparado com os anteriores €12,7 milhões) pela participação na fase de grupos, com prémios de desempenho adicionais a serem também pagos de €2,7 milhões (€1,5 milhões) por vitória e de €900 mil (€500 mil) por empate. O total de €900 mil não distribuídos para cada empate foi agrupado e redistribuído a todos os clubes participantes da fase de grupos, de acordo com o seu número de vitórias.

Foram ainda pagos os seguintes prémios por cada eliminatória alcançada:

• €9,5m (€6m) pelo acesso aos oitavos-de-final
• €10,5m (€6,5m) pelo acesso aos quartos-de-final
• €12m (€7,5m) pelo acesso às meias-finais

O vencedor Liverpool ganhou €19 milhões (€15,5 milhões), enquanto o vice-campeão Tottenham Hotspur recebeu €15 milhões (€11 milhões). O dinheiro da quota de mercado foi dividido de acordo com o valor do mercado televisivo em cada país.

Novo ranking para a temporada 2018/19

Na temporada passada, foi introduzido um novo sistema de ranking com base nos desempenhos dos últimos 10 anos.

Para além dos pontos acumulados durante esse período, este ranking também incluiu pontos de bónus por vitórias na UEFA Champions League/Taça dos Clubes Campeões Europeus, a UEFA Europa League/Taça UEFA e a Taça dos Cubes Vencedores das Taças.

Estarão disponíveis informações mais detalhadas no Relatório Financeiro da UEFA de 2018/19, a publicar depois do Congresso anual da UEFA, em Março de 2020.