O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Goleada à Roma qualifica Barça

Barcelona 6-1 Roma
Luis Suárez e Lionel Messi bisaram numa goleada que confirmou a qualificação dos catalães no primeiro lugar do Grupo E.

Barcelona 6-1 Roma
Barcelona 6-1 Roma
  • Barcelona garante primeiro lugar do grupo com goleada
  • Luis Suárez bisa a atinge os cinco golos em cinco jogos no Grupo E
  • Lionel Messi marca dois golos no primeiro jogo a titular desde Setembro
  • Duas grandes penalidades defendidas pelos guarda-redes na segunda parte
  • Últimos jogos do Grupo E: Leverkusen - Barcelona, Roma - BATE (9 de Dezembro)

O Barcelona goleou a Roma por 6-1, com Lionel Messi e Luis Suárez a bisarem, e confirmou a qualificação como vencedor do Grupo E.

Os catalães entraram ao ataque, Lionel Messi recebeu a bola à entrada da área, aos quatro minutos, e rematou em arco, mas Wojciech Szczęsny respondeu com uma boa defesa. A equipa Rudi Garcia respondeu com Edin Džeko a surgir a cabecear por alto ao segundo poste e a desperdiçar uma excelente oportunidade.

Os anfitriões foram implacáveis na resposta, aos 15 minutos Neymar fez um passe em profundidade para Dani Alves que, isolado, ofereceu o primeiro golo do jogo a Luis Suárez. Três minutos depois, Neymar voltou a dar origem a mais um golo, lançou o avançado uruguaio que assistiu Messi para o 2-0. Uma jogada em que todos os jogadores do Barça tocaram na bola.

A primeira parte terminou com o terceiro golo do Barcelona, Neymar cruzou para a área, Seydou Keita não conseguiu afastar para longe e Suárez surgiu a rematar de primeira de forma indefensável e sensacional. 

A pressão continuou no segundo tempo, aos 51 minutos Neymar rematou da entrada da área para mais uma excelente defesa de Szczęsny. Os visitantes responderam três minutos depois, Iago Falqué surgiu no coração da área a concluir uma boa jogada, mas Marc-André ter Stegen fez uma defesa soberba.

A equipa de Luis Enrique aumentou para 4-0 aos 56 minutos, Messi foi à linha e cruzou para o golo de Gerard Piqué. O quinto golo dos catalães surgiu à passagem da hora de jogo, Neymar, Suárez e Messi combinaram para o remate do argentino, Szczęsny defendeu a primeira tentativa, mas nada pode fazer na recarga.

Neymar fez uma exibição soberba, mas aos 77 minutos não conseguiu bater Szczęsny na conversão de uma grande penalidade, mas o avançado teve a ajuda do compatriota Adriano que fez o 6-0 na recarga.

O árbitro Cüneyt Çakır também assinalou uma grande penalidade favorável aos visitantes, aos 82 minutos, por falta de Thomas Vermaelen sobre Džeko, mas o avançado bósnio permitiu a defesa a ter Stegen. A Roma teve de esperar pelo período de compensação para apontar o golo de honra, com Lucas Digne a cruzar para um cabeceamento certeiro do batalhador Džeko.